BBB 12: Após ser eliminado, João Maurício nega ser homofóbico

15 de Fevereiro 2012 as 08:27



O pecuarista João Maurício, 34, eliminado na noite desta terça-feira (14) com 52% dos votos no quinto paredão do "Big Brother Brasil 12", disse após sair do confinamento que apesar do desentendimento que teve com o homossexual assumido João Carvalho, não é preconceituoso e que o público pode ter ficado com uma imagem errada dele.

“Não sou homofóbico, nunca discriminei ninguém. Tenho amigos gays. Os gays são as melhores pessoas para serem amigas, desde que haja respeito. Eu não discriminei o João Carvalho em momento nenhum, apenas não tinha afinidade com ele” disse o eliminado.

João Maurício disse que foi uma opção sua exigir para que uma mulher ficasse entre ele e João Carvalho, quando haviam combinado de dividir a cama do quarto do líder.

“Eu disse que não dormiria com ele sozinho em uma cama de casal, a do quarto do líder. Se tiver a opção de não dormir, não durmo, mas quando estava acorrentado a ele, dormimos", explicou João Maurício. "E ele ronca muito, até tive que colocar algodão nos ouvidos”, brincou.

Sobre sua fama de falastrão, salientada pela sister Renata, o eliminado disse que não é bem assim. “Não falo muito, apenas gosto das coisas bem explicadas, nos mínimos detalhes”, afirmou.

Para o brother, o prêmio de R$ 1,5 milhão não vai mudar completamente a vida das pessoas que estão ali, mas poderá dar uma casa e uma renda, se for bem aplicado.

João Maurício não descarta a carreira artística. “Portas podem se abrir”, falou. Entretanto, afirmou que “nunca” posará nu.

Como esperado, o agora ex-BBB falou que sua torcida vai para os amigos que construiu na casa, Fael e Jonas. "Se for para torcer pra um só, seria para o Fael, mas ficarei quase tão feliz se o Jonas ganhar", falou ele no bate-papo da emissora.

Questionado se havia uma mulher esperando-o aqui fora, ele explicou: “Quem estava me esperando do lado de fora é apenas a mãe do meu filho mais novo”.