Apesar de tumor no cérebro homem corre 22km por dia

Mark Grimes, de 34 anos, corre 22km por dia

Mark Grimes, de 34 anos, passou por uma cirurgia mas a doença não foi curada.

O bombeiro Mark Grimes e sua mulher Kathryn sofreram uma reviravolta em suas vidas quando ele foi diagnosticado com um tumor incurável no cérebro. Esportista nato, o homem de 34 anos sempre foi apaixonado por corrida, tinha um filho de nove meses e estava iniciando uma nova etapa de sua vida, em que tudo estava dando certo. Etapa essa que, com o resultado de uma ressonância magnética, se tornou um verdadeiro pesadelo no dia a dia do esportista.


Kathryn, de 41 anos, contou como o casal notou os primeiros sintomas do marido:   

— Mark começou a ter tonturas frequentes, mas pensávamos que era apenas pelo fato de ele ter tomado sol em excesso durante as férias. Até que um dia nós estávamos conversando e de repente ele não conseguiu mais falar. Eu pensei que pudesse ser algum problema de labirintite, mas na verdade, estava sofrendo um mini AVC.   

Foi quando decidiram ir ao médico. Mark passou por uma tomografia da cabeça e depois foi submetido a uma ressonância magnética. Resultados dos exames de imagem e de uma biópsia mostraram que o homem tinha um raro oligodendroglioma que media cerca de 5,5 cm.


Difícil mesmo para Grimes foi ter que lidar com o crescimento dos filhos — Oskar, de seis anos, Harry de quase dois anos e a enteada Amy, 19 anos, que é como uma filha para ele. 

— Não poder brincar com eles foi muito difícil. Nós [Mark e Kathryn] dizíamos às crianças que minha cabeça era um pouco fraca mas que tudo ficaria bem.


Grimes teve que passar por uma craniotomia que durou quatro horas para remover 95% do tumor cerebral benigno em abril, no ano passado. Segundo ele, a fala foi afetada, e ele mal conseguia falar com amigos. 

— Tinha que mandar mensagem de texto.

Kathryn disse que não reconhecia o marido naquele momento. O homem, que estava acostumado a correr, mal conseguia andar 150 m que já se sentia cansado. Mas agora, mesmo sem ter curado o tumor, está tendo uma recuperação incrível. Apenas doze semanas após a cirurgia, voltou a exercer sua profissão, pela qual ele é apaixonado há 17 anos.


Grimes corre 22 km duas vezes ao dia e treina sob uma dieta balanceada repleta de carboidrato para poder aguentar o dia. 

— Após receber a autorização dos médicos, comecei a treinar, gradualmente, reconstruindo minha distância a ser alcançada. Corri a maratona de 16 km em outubro com a Kathryn — que é a primeira a admitir que não gosta de corrida. Agora vou correr a maratona de Londres por uma causa pela qual eu sou apaixonado: arrecadamos R$ 46,5 mil (9 mil libras) para o The Brain Tumour Charity.



 

Fonte: Meio norte