Saiba como montar um bazar com peças infantis na internet

Saiba como montar um bazar com peças infantis na internet

A venda de roupas ou brinquedos infantis é um bom negócio

A medida que a criança vai crescendo, as roupas vão se perdendo, e para não ficar no prejuízo, o ideal é vender esses itens. Para fazer isso de forma simples, basta vender na internet.


A venda ou troca de roupas e brinquedos pelo computador ou celular, se torna um negócio fácil e gratuito. Mas antes de cair de cara nesse negócio, é necessário ter um preparo antes.


Primeiro, se você não está apenas interessado em vender ou trocar suas próprias peças, o ideal é procurar fornecedores que tragam roupas de boa qualidade. Pesquise o que você quer vender ou trocar, e selecione o mais indicado para a sua demanda.


Depois, busque deixar sempre as roupas ou brinquedos limpos. A limpeza é essencial, pois mostra como você está preocupado com o bem-estar do seu cliente.


Uma dúvida que surge é por quanto se deve vender uma peça usada ou seminova em um bazar online. O recomendável é que mesmo em boas condições, o valor da peça não pode passar de 60% do preço original. Uma dica é que o valor só poderá ser maior se a peça nunca foi usada e se está em alta procura.


No começo, é meio complicado defini preços. Por isso é sempre bom dar uma olhada em outros bazares online para ter uma base.


Não esqueça de incluir a informação do frete. Se o preço da peça já está incluso ou se será um valor a parte.


Com relação ao pagamento das peças via internet, é necessário que você tenha uma conta bancaria e um CPF, além de escolher um sistema de pagamento bastante confiável. Duas opções seguras são o Paypal e o PagSeguro.


O sistema vai cobrar uma taxa que varia de 2% a 2,5% para cada compra realizada. Após o pagamento, você vai receber um e-mail concluindo a compra através do sistema. As informações dos clientes estarão nesse e-mail, para você confirmar o envio da mercadoria pelo correio.


Sites


Após esse processo, você deve escolher em qual site vai montar o seu negócio. Uma das opções é o Facebook. Você pode criar uma fan page ou grupo fechado do seu bazar. Essa ferramenta é gratuita e bastante usada por muitas pessoas.


O blog também é bem útil para a criação de um bazar online. Mas o investimento se torna maior que o Facebook. O lado bom é que você pode personalizá-lo do jeito que achar melhor para o seu bazar.


Outra opção é a criação de uma loja virtual. Mesmo tendo vários benéficos, ela se torna a opção mais cara por conter mais ferramentas que vão alavancar as suas vendas.


Por fim, você ainda pode usar o Rua Alecrim. Uma forma fácil e prática de vender suas peças online. 



Para finalizar, você ainda pode seguir essas dicas para deixar seu negócio bombando:


1. Sempre informar as condições em que o produto se encontra.


2. Sempre descreva com precisão o item que está sendo vendido, como valor, modelo e tamanho.


3. E por fim, escolha sempre imagens nítidas dos itens a venda.

Fonte: Rua Alecrim