Veja exercícios corretos que ajudam a evitar a dor nas costas

Confira agora os exercícios que auxiliam na dor nas costas

Mais de 80% das pessoas apresentam ao menos um episódio de dor lombar no decorrer da vida. Fatores como obesidade, sedentarismo, tabagismo podem estar vinculados.  É o que revela o ortopedista Diego Antico Monteiro, médico da SBOT  (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia) da Clínica Domm.

De acordo com ele, junto com o problema, o mais comum também é a dor nas costas vinda da má postura, ao dormir e se sentar, trabalhar ou ao realizar atividades físicas,  o que é mais facilmente resolvido. 

O médico ressalta ainda exercícios físicos são essenciais, mas alguns devem ser evitados a quem tem dores. Para ajudar os internautas a continuar com o corpo em forma, mas sem dores na coluna, o R7 conversou também com  o professor de musculação e personal Walter Dias, da academia Competition, que preparou um treino especial que ajuda a fortalecer os músculos certos 

O médico ainda completa que, quem tem algum problema na coluna deve evitar levantar cargas livres e exercícios de impacto.

— Prefira fazer os exercícios nos aparelhos. Faça com supervisão de um profissional para exercitar-se da melhor forma sem prejudicar a coluna. Também não indico exercícios de impacto como a corrida. Mantenha um peso corporal saudável, exercite-se regularmente  e certifique-se que sua posição no trabalho não contribui para a dor

Pessoas que sofrem de dores nas costas precisam realizar exercícios que fortalecem os músculos internos da região abdominal, como ressalta o professor Walter Dias, que preparou a sequência a seguir. Realizar entre 20 e 30 segundos, repetindo três vezes cada exercício


Prancha isométrica - deite de barriga para baixo, suspenda o corpo utilizando como apoio somente o antebraço e os pés, deixando uma linha reta


Prancha lateral isométrica- deitar de lado, suspender o corpo lateralmente, apoiado no braço e no pé do lado que está próximo ao chão. Deixar a coluna reta


Ponte isométrica - deitar de barriga para cima, suspender o corpo usando os pés e apoiando a parte de cima das costas no chão. Deixar o corpo reto


Abdominal reto - deitar de barriga para cima, realizar o movimento subindo o tronco em direção as pernas, sem deixar a região lombar sair do chão


Rotação de tronco com elástico - em pé, com o auxílio de um elástico. Prender o elástico na altura dos ombros, realizar a rotação de tronco em direção oposta ao elástico. Deixar o elástico sempre tensionado. Realizar de 15 a 20 repetições


De acordo com Dias, é fundamental realizar alongamentos, pois proporciona um alívio das dores e melhora a mobilidade e a circulação sanguínea da região dolorida. O profissional também ajuda o internauta com três tipos de alongamentos da lombar e região abdominal. Ficar na posição de 20 a 30 segundos, repetir três vezes cada movimento.

Deitado de barriga para cima, abraçar as pernas sem tirar a coluna do chão. Fazer uma perna de cada vez.

Deitado, de barriga para cima, deixar as pernas juntas de um lado e virar o tronco para o lado oposto as pernas.

Sentado, com uma perna reta e a outra flexionada por cima, girar o corpo do lado da perna flexionada, realizar o movimento para os dois lados




Fonte: R7.com