Em Brasília, Wellington Dias defende criação de fundo penitenciário

Wellington Dias defende criação de fundo penitenciário para Estados

O governador Wellington Dias foi um dos entrevistados pela repórter Samantha Cavalca no Agora desta quarta-feira(23). Dias falou sobre a liberação da multa que pleiteia os Estados junto à União, sem esperar uma decisão judicial. "O presidente Michel Temer anunciou a liberação do pagamento da multa e os Estados trabalham a retirada das ações na Justiça. Perguntei ao presidente sobre o pagamento dos recursos aos municípios, e ele disse que a dificuldade era justamente essa, por isso irá chamar as entidades ligadas aos municípios para definir", disse.


Sobre política, o governador disse que vai deixar as definições para 2018. Ele reconhece o trabalho e destaca o orgulho em ter Margarete Coelho como sua vice. " Temos boa relação e trabalhamos juntos. Quero tratar sobre isso só em 2018. O deputado Themístocles é um dos nomes cotados, por ser um deputado atuante e um grande articulador", falou.

Wellington disse que as atividades sobre a repatriação de recursos estão encerradas em Brasília. " Além da repatriação, aqui nós tratamos de vários temas também com a ministra do STF, Carmen Lúcia. Ela trata de uma solução para os Estados sobre um fundo penitenciário. Ela está preocupada com a segurança. Defendemos e apresentamos uma alternativa de um modelo que se tenha a obrigação, um tipo de recurso fixo como o SUS, o Fundeb, ou seja, um fundo do fundo com valores estipulados para cada Estado", informou Dias.

Samantha Cavalca e Wellington Dias em Brasília (Crédito: Reprodução MN)
Samantha Cavalca e Wellington Dias em Brasília (Crédito: Reprodução MN)