'Não tenho nada a temer', afirma suposto profeta

'Não tenho nada a temer', afirma suposto profeta

Cerca de 113 pessoas continuam acreditando na palavra de Luís Pereira da Silva, de 43 anos, que se diz profeta e mantém a crença de que o fim do mundo é daqui há três dias.

?A língua que nós falamos ninguém entende. Por nós fazermos o bem somos chamados de falsos profetas. Eu não tenho nada para temer com a justiça do mundo e nem com a de Deus principalmente?, disse Luís Pereira.

Antes as pessoas iam até a casa de Luís Pereira para fazerem orações, mas desde o dia 1° de outubro, todas passaram a ficar confinadas. Ninguém mais entra, ninguém mais sai. Várias pessoas mudaram toda vida e largaram até a família para ficar ao lado do suposto profeta.