Paixão diz que meta do PT é ter candidato à Prefeitura de Teresina

Paixão

Eleito presidente do PT, Gilberto Paixão diz que vai lutar para partido ter candidato à Prefeitura em 2020



O ex-vereador de Teresina, Gilberto Paixão, foi eleito, no segundo turno, o novo presidente do Diretório Municipal de Teresina do Partido dos Trabalhadores (PT), em eleição acontecida, no domingo das 8h até as 17h, na sede do Diretório Estadual do PT, no centro da cidade.

O PT tinha cerca de 9 mil eleitores aptos a votar, mas compareceram 1.099 votantes. Com todos os votos apurados, Gilberto Paixão obteve 620 votos e Nayara Costa obteve 434 votos.

Com muito campanha acirrada de boca de urna, a Gilberto Paixão disputou a presidência com Nayara Costa.

A disputa foi decidida em dois turnos.

“Houve um comparecimento grande do eleitorado. Queremos fazer um partido maior, fazer uma grande luta, uma grande batalha em defesa do nosso partido”, disse Gilberto Paixão, adiantando que o seu desafio é reorganizar o partido para que tenha uma boa representatividade nas eleições tanto estadual como municipal.

"Nosso desafio é trabalhar para que em 2020 o partido tenha candidatura própria para a Prefeitura de Teresina. O partido sempre foi bem avaliado em Teresina, o partido sempre teve grande votação em Teresina, temos que conseguir o candidato certo para a cidade”, ", afirmou Gilberto Paixão.

O primeiro turno ocorreu no último dia 9, com a vitória de Gilberto Paixão, que obteve 547 votos. Nayara Costa recebeu 373 votos e o delegado Jetan Pinheiro obteve 208 votos, mas nenhum candidato tinha obtido 50% mais um dos votos apurados.



logomarca do portal meionorte..com