PF e Greco prendem 16 assaltantes comandados pelo 'Velho Zeza' da Casa de Custódia

PF e Greco prendem 16 assaltantes comandados pelo 'Velho Zeza' da Casa de Custódia

Atualizada às 11:30

A Polícia Federal e a Greco, da Polícia Civil, prenderam 16 assaltantes de agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e agências dos Correios no Piauí, Maranhão e Pernambuco.

Os assaltantes eram comandados para que praticassem roubos, usando na maioria das vezes explosivos, pelo traficante "Velha Zeza", através de comunicações telefônicas e recados em sua prisão, na Casa de Custódia, em Teresina.

A Polícia Federal prendeu 10 pessoas na Operação Santo Antônio, entre elas uma mulher encontrada com arma e drogas.

O delegado Reinaldo Camelo, chefe da Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio, afirmou que foram presas três pessoas em Teresina na manhã de hoje, e 7 já estavam presas penitenciárias de Teresina e de São Luís. Um dos assaltantes está preso na Penitenciária de Pedrinhas, no MA.

Durante a Operação Amarante, a Greco também prendeu 6 assaltantes, que praticaram roubo, com explosivos, a agência do Banco do Brasil e do Bradesco na cidade de Amarante, no dia 3 de novembro do ano passado.

O delegado Luccy Keyko Leal Paraíba, da Greco, informou que dos 6 presos pelo grupo, 3 foram detidos em Teresina, 2 Petrolina (PE) e um em Casa Nova, na Bahia.

Segundo ele, os presos serão apresentados na manhã de sexta-feira (28) em entrevista coletiva na Greco.

O superintendente da Polícia Federal no Piauí, delegado Tarcísio Abreu, disse que a PF, na Operação Santo Antônio, cumpriu 8 mandados de prisão e 13 mandados de busca e apreensão, que teve a participação de 64 policiais federais da superintendência em Teresina e das delegacias de Parnaíba, com apoio da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

"Hoje conseguimos prender 3 pessoas e mais 7 já estavam presas", disse o delegado.

Segundo ele, foi assinado convênio entre os Correios e a Polícia Federal visando o combate e a repressão à onda de assaltos que está assolando o Piauí.

O delegado Reinaldo Camelo declarou que a Operação Santo Antônio foi efetivamente iniciada no ano passado, em setembro, após assalto de uma agência da Caixa Econômica Federal em Campo Maior, no dia 20 de agosto de 2013.

"Os trabalhos ocorreram para identificar o grupo que praticou o assalto em Campo Maior depois de várias diligências conseguimos identificar alguns membros e uma série de ocorrências praticadas pelo grupo, entre elas o roubo a agência do Bradesco, de uma casa lotérica e dos Correios na cidade de Afonso Cunha no Maranhão, além do roubo a agência dos Correios na cidade de Amarante", disse Reinaldo Camelo.

Polícia Federal prende 8 por assaltos a bancos, Correios e tráfico de drogas

Os agentes da Superintendência da Polícia Federal no Piauí cumpriram oito mandados de prisão e 13 mandados de busca e apreensão na operação Santo Antônio deflagrada nesta quinta-feira (27).

A operação foi denominada Santo Antônio por que foi iniciada em Campo Maior, município que tem o santo como padroeiro.

O chefe de Comunicação Social da Polícia Federal do Piauí, José Carlos Fontenele, informou que a Operação Santo Antônio cumpre mandados de prisões a acusados de assaltos a bancos, assalto a agências dos Correios, tráfico de drogas e falsificação de cartões de saque bancário.

"As prisões são por vários crimes", declarou Carlos Fontenele.

Foram apreendidos equipamentos para arrombar as agências, como machados e pé de cabras.

Os agentes prenderam no bairro Monte Castelo, na zona Sul de Teresina, um acusado de tráfico de drogas. O homem foi preso em sua casa às 06:30h e levado para superintendência da Polícia Federal. Ele é acusado de comandar o tráfico na região.

Durante a Operação Santo Antônio, os policiais federais foram executar um mandado de prisão de um acusado de assalto a banco e agência dos Correios no Piauí, mas constataram que ele já estava preso na penitenciária de Pedrinhas, no Maranhão.

Em nota à imprensa, a superintendência da Polícia Federal no Piauí comunicou que hoje foi desencadeada a Operação Santo Antônio em parceria com a Polícia Civil, quando foi dado cumprimento à 8 mandados de prisão preventiva, 13 mandados de busca e apreensão expedido pela 3° Vara da Justiça Federal do Piaui e pela Vara Única da Justiça Federal em Caxias, com objetivo de desarticular uma quadrilha baseada em Teresina com suporte e atuação nos Estados do Maranhão e Pernambuco, especializada em assaltos a bancos, fazendo uso de explosivos, casas lotéricas e agências dos Correios.

Segundo a Polícia Federal a quadrilha presa teve a participação em roubos na agência da Caixa em Capo Maior no dia 20 de Agosto de 2013, fazendo uso de explosivos, na agência do Bradesco, casas lotéricas e aos Correios da cidade de Afonso Cunha, no MA, no dia 29 de agosto de 2013. Também roubaram a agência dos Correios de Amarante em outubro 2013, os Correios de Demerval Lobão no dia 07 de novembro de 2013 e as agências do Banco do Brasil e Bradesco de Amarante no dia 03 de novembro de 2013.

A operação contou com a participação de 64 policiais da superintendência regional da Polícia Federal do Piaui, das delegacias da Polícia Federal de Caxias e Parnaíba, quando também ocorreu a apreensão de drogas, armas e munição em poder das pessoas presas.

Após o cumprimento das formalidades relativas às detenções, os presos foram para Casa de Custódia, em Teresina, onde ficarão à disposição da Justiça.