Portal meionorte.com BETA

MENU
Alcide Filho, Isto é Incrível

Alcide Filho, Isto é Incrível

Reportagens e vídeos do Programa Incrível, com o ecoaventureiro Alcide Filho

••• atualizado em 15 de Agosto de 2011 às 14:33

A incrível proteína: excesso é tão grave quanto a falta.

A incrível proteína: excesso é tão grave quanto a falta.
Excesso de proteínas é desequilibrante Foto: Incrível
Compartilhar:

Alimentação hiperprotéica é quando o mais lhe deixa menos saudável.

Proteínas em excesso, principalmente de origem animal, seja carne branca ou vermelha, sobrecarregam o aparelho digestivo, causando prisão de ventre, gases, colite, gastrite e o maior consumo de vitaminas e sais minerais. O excesso de proteínas é chamado de dieta hiperprotéica e, de imediato, aumenta o colesterol, provoca doenças cardiovasculares, dificuldades circulatórias, reduz a memória, dilata o estômago e tem a comprovada tendência ao câncer. O câncer de intestino, o terceiro que mais mata no mundo, foi um dos primeiros a ser relacionado com alimentação hiperprotéica animal.



Hoje se comprova também esse mesma relação da dieta hiperproteíca com o câncer de seio, pâncreas, próstata e útero. Pesquisas apontam que a presença excessiva de gordura dificulta a digestão, força o fígado, sobrecarrega o estômago a produzir ácido em excesso e leva à corrosão das paredes do intestino. Enquanto um sorvete de frutas demora 5 minutos para ser digerido, um prato com arroz, feijão e carne, leva 3 horas. A lingüiça consome seis horas de digestão e uma porção de bacon, 12 horas. Quer ir mais longe, pegue leve.

Os cientistas concluíram que a alimentação com hambúrguer, pão branco, pizza, batatas fritas, bebidas de leite com sabor, cerveja e alimentos com açúcar foi associada a uma maior probabilidade, superior a 50%, de desenvolver transtornos depressivos. Ao contrário, tanto a depressão quanto a ansiedade se mostraram 30% menores entre as mulheres que mantém uma dieta com vegetais, frutas, carne bovina, cordeiro, peixe e grãos integrais.

A dieta deve conter principalmente hortaliças, frutas, grãos integrais, produtos com baixo teor de gordura e carne magra, com o intuito de ajudar na saúde física e sustentar o bem-estar mental. Processados e doces devem ser saboreados em pequenas quantidades e apenas de vez em quando.

Veja Reportagem hoje, no Incrível, a partir das 21h45, pela Rede Meio Norte.

COMUNICAR ERRO

Comunique à Redação erros de português, informação ou técnicos encontrados nesta página:

  • Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente ao Portal Meio Norte
Deixe um comentário
176998,blogs

AKICOMPRO