Portal meionorte.com BETA

MENU
José Fortes

José Fortes

Blog sobre José Fortes

Livro destaca História de Teresina

História de Teresina

Por José Fortes

Veja os fatos que marcaram a história de Teresina, desde 1852 até 2009, quando a cidade completou 157 anos de fundação.

A Resolucão 315, aprovada em 20 de julho de 1852, pela Assembléia Legislativa Provincial, assinada e publicada no dia 21, ?eleva desde já a Vila Nova do Poti à categoria de cidade com a denominação de Teresina e transfere para ela a sede do Governo da Província, com todos os estabelecimentos e repartições públicas?, assinala o conselheiro José Antônio Saraiva, presidente da Província do Piauí. Acrescenta Saraiva: ?Faço saber a todos os seus habitantes que, a Assembléia Provincial decretou e eu sancionei a Resolução?.

No dia 16 de agosto de 1852, já na Chapada do Corisco, o presidente José Antônio Saraiva comunica aos demais presidentes de província que ?o corpo legislativo provincial autorizou pela Lei 315 a transferir a capital, da cidade de Oeiras, para Teresina, e que já dei execução a essa lei, pelo que me acho residindo nesta cidade à disposição de V.Exa.?

TERESINA

Para chamar a atenção do imperador Dom Pedro II para a causa da transferência da capital, Saraiva denominou de Teresina a nova cidade, que significa a aglutinação do nome da imperatriz Teresa Cristina (TERESa + CristINA).

A igreja de Nossa Senhora do Amparo, matriz de Teresina, foi inaugurada em dezembro de 1852. Foi reformada pelo monsenhor Joaquim Chaves. Situada entre as praças RioBrando e Marechal Deodoro, antiga Praça da Bandeira.

A catedral de Nossa Senhora das Dores foi inaugurada a 16 de fevereiro de 1867. Situada na Praça Saraiva.

A igreja de São Benedito a três de julho de 1886. Construída por Frei Serafim de Catânia, com o apoio da comunidade.

A Penitenciária Campo de Marte foi edificada em 1886. Demolida. Hoje praça do Ginásio de Esportes Verdão.

O Theatro 4 de Setembro, situado na praça Pedro II, antigamente denominada Praça Adquidabã, foi construído, com planta de Alfredo Madrak, pelo coronel Manoel Raimundo da Paz. A pedra fundamental do Theatro data de 4 de setembro. Foi entregue ao público em 1894.

O Banco Agrícola do Piauí foi fundado em Teresina em 1927. Extinto.

O cinema falado foi instalado no Theatro 4 de Setembro por Alfredo Ferreira, em 1930, que exibiu o filme ?Doce como o mel?, produção americana.

Prossegue em 1862 a construção do mercado público, onde hoje se localiza o Mercado Central de Teresina.

O Liceu Piauiense foi fundado em Oeiras, primeira capital da Província do Piauí, em 1845. Veio para Teresina e foi extinto em 1861. No mesmo local, entre a praça Landri Sales e a avenida Campos Sales, no centro da capital, foi inaugurada, em 1865, a Escola Normal, que foi extinta em 1867, reaparecendo o Liceu Piauiense, atualmente Colégio Estadual Zacarias de Góis.

O telégrafo foi instalado foi instalado em Teresina a 5 de novembro de 1844.

A República foi proclamada em Teresina a 16 de novembro de 1889, com um dia de atraso.

O primeiro bispo a visitar Teresina foi a 17 de novembro de 1859. Dom Manuel Joaquim da Silveira, bispo diocesano do Maranhão e Piauí. Viajou a cavalo de São Luís a Teresina.

O Banco do Estado do Piauí (Bep) foi criado em Teresina pelo governador Gayoso e Almendra, que governou o Piauí de 1955 a 1959. O Bep, foi federalizado para ser privatizado. Foi extinto em 2008 e incorporado ao patrimônio do Banco do Brasil.

O prefeito Joel Ribeiro sancionou lei, a 10 de agosto de 1973, instituindo o hino, o brasão e a bandeira de Teresina.

Antonino Freire, que governou o Piauí de 15.03.1910 a 01.07.1914, iniciou a instalação da luz elétrica de Teresina. Criou a Escola Modelo e a Biblioteca Pública e oficializou a Escola Normal, hoje Instituto Ensino Superior Antonino Freire.

Começa a funcionar em 1915 a primeira fábrica de biscoitos de Teresina, com marca comercial ?Palmeira?.

No governo de Arlindo Nogueira, eleito para o período de 16.07.1900 a 01.07.1904, é iniciado o serviço de abastecimento de água de Teresina.

A Federação Piauiense de Futebol é fundada em 1914. A Federação Piauiense de Desportos foi fundada em 25 de novembro de 1941.

O Theatro 4 de Setembro teve a sua construção concluída no Governo Coriolano de Carvalho, que administrou o Piauí de 1892 a 1896.

As primeiras máquinas de escrever da marca Remington e os carros da marca Ford são vendidos em Teresina a partir de 1916.

O Tribunal de Justiça do Piauí foi criado na administração de Gabriel Ferreira, que governou o Piauí no período de 28 de maio a 21 de dezembro de 1891.

Em 1927, no bairro Porenquanto, à margem esquerda do rio Poti, em Teresina, hoje avenida Marechal Castelo Branco, é assassinado com três tiros no ouvido, o motorista Gregório, pelo tenente da Polícia Militar e delegado de polícia da cidade de Barras (PI). O filho do tenente morreu depois de ser atropelado por um caminhão dirigido por Gregório. A vítima, uma criança, saiu correndo para a rua, quando sofreu o acidente. A Prefeitura de Teresina mandou construir um marco no local, muito visitado por populares.

Na mesma avenida foi emboscado e assassinado o apresentador televisão Donizetti Adalto, natural do estado do Paraná, que à época era candidato a deputado federal pelo Partido Popular Socialista (PPS), do Piauí. Donizetti, no ato da sua morte, estava acompanhado do vereador Djalma Costa e Silva, candidato a deputado estadual pelo mesmo partido da vítima.

A 12 de março de 1919 é criada a Capitania dos Portos de Teresina.

Foi fundada em Teresina, a 8 de dezembro de 1860, a Santa Casa de Misericórdia, depois extinta.

No dia 1º de outubro de 1891 é instalado em Teresina o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

A 20 de junho de 1910 é iniciado o serviço de iluminação elétrica de Teresina, com a implantação de rede pública, inaugurado pelo governador Miguel Rosa, a 23 de dezembro de 1912.

Em 1917 é fundada a Academia Piauiense de Letras, por seleto grupo de intelectuais, tendo à frente Lucídio Freitas.

Em 2 de dezembro de 1882 é inaugurada a iluminação pública de Teresina, por meio de lampiões, abastecidos por querosene, fixados em postes de madeira.

Em 1906 é instalada a primeira empresa de telefone em Teresina, pela iniciativa privada.

A Imprensa Oficial é fundada em Teresina a 21 de junho de 1910.

A primeira agência do Banco do Brasil foi instalada em Teresina em 3 de novembro de 1921.

A ponte de concreto sobre o rio Poti, ligando o centro à zona leste de Teresina, é inaugurada em janeiro de 1957. Antes, a travessia de veículos e passageiros era feita através do pontão do Chico Fortes.

Em 1957 é fundado em Teresina o IAEE ? Instituto de Águas e Enegia Elétrica. Desmembrado, é substituído, em 1959, pela a Agespisa ? Águas e Esgotos do Piauí S.A. e pela Cepisa ? Centrais Elétricas do Piauí S.A.

Thomaz Jorge Tajra, nascido em Malula, na Síria, foi o primeiro estrangeiro a receber o título de cidadania teresinense, nas administração do prefeito Petrônio Portella Nunes.

Foi inaugurada com missa no dia 25 de dezembro de1852 a capela-mor da igreja de Nossa Senhora do Amparo, em Teresina. Missa celebrada pelo vigário Mamede Antônio de Lima. Foi a primeira missa na Chapada do Corisco.

Em 1853 circulou o jornal a Ordem, o primeiro órgão de imprensa da nova capital da Província do Piauí.

Inaugurado o Hospital da Caridade, em Teresina, em 1854. Extinto.

Em 1854 a população de Teresina era: gente livre, 9.965; escravos, 1.823; e 32 de outras nacionalidades.

Em 1855, as principais doenças registradas em Teresina eram sífilis, tuberculose (tísica) e febres intermitentes.

Por volta de 1858 o soçaite da época começava a luxar. Casa comercial vendia sedas, veludo, gravatas de mola, perfumes e queijo flamengo.

1858 ? Naquela época, as festas mais animadas eram o aniversário do imperador Pedro II (2 de dezmbro), as novenas, os leilões, os forrós, o entrudo, o carnaval, o São Gonçalo, o São João e boi.

Outras datas festivas em Teresina, em 1858: Semana Santa, , procissões com os anjos e as vestidoras de anjos. Não era permitido o banho nos dias maiores da Paixão e da Morte de Jesus. O povo falava baixo, Não se varria casa. Menino desobediente tomava cocorote no sábado de aleluia. As comidas se diziam de preceito.

Surgiu o primeiro teatro em 1858, com o nome de Teatro Nacional de Santa Teresa, no local onde funcionou a Assembléia Legislativa do Piauí e onde funciona hoje a Fundação Cultural do Piauí (Fundac).

A Companhia de Navegação do Rio Parnaíba é fundada em 1858. Extinta tempos depois.

Chega a Teresina pelo rio Parnaíca, o primeiro vapor , em 1859. O vapor Uruçui foi construído em estaleiro do Rio de Janeiro. A população comemorava o progresso. Antônio Correia do Couto era o presidente da Província do Piauí, que fez passeio na embarcação, comandada pelo 1º tenente Álvaro Augusto de Carvalho, da Armada do Brasil.

A cidade de Timon, no Maranhão, vizinha a Teresina, foi antes denominada São José das Cajazeiras e depois Flores.

A imprensa anunciava em 1860: chapéus do Chile, fotógrafo, relógios e ceroulas de linho.

Em 1862, é inaugurado o cemitério São José, na zona norte de Teresina, hoje ao lado do Instituto Superior de Ensino Antonino Freire, ex- Escola Normal.

Em 1863 era anunciada a venda de escravos de ambos os sexos e dos produtos guaraná jóias de ouro.

Ano de 1865:

? Partem de Teresina os três contingentes para lutar na guerra do Paraguai.

- Chega a Teresina a jovem Jovita Alves Feitosa, de cabelos aparados, com o propósito de lutar na guerra do Paraguai. Recebeu aclamações no Rio de Janeiro. Foi hóspede de palácios presidenciais. Foi detida no Rio de Janeiro. Os chefes militares não permitiram que ela fosse para o campo de batalha, alegando que o serviço militar não era serviço de mulher. Decepcionada no romance com um britânico, Jovita suicidou-se na capital do Império, em 1867.

Ano de 1866:

? O presidente da Província do Piauí, Franklin Menezes Dória inaugurou a nova cadeia pública, com oficinas de trabalho.

- Inaugurada a primeira escola normal de Teresina e 23 alunos são matriculados. Extinta tempos depois.

- A moda da época eram passeios a cavalo pela cidade.

- Instalado o relógio público numa das torres da igreja do Amparo, em Teresina. Fabricado na Inglaterra.

- A Praça da Constituição, depois Praça da Bandeira e hoje praça Marechal Deodoro, é

iluminada por lampiões de querosene.

- Concluída a construção do mercado velho, hoje Mercado Central, em Teresina.

1987 - A igreja de Nossa Senhora das Dores é inaugurada. A construção desabou. Reconstruída em 1876.

1868 ? A moda de Paris invade Teresina. Escarradeiras de porcelana passam a ser usadas nas residências mais abastadas. Liteiras para passeio e carneiro enlatado com ervilha eram vendidos na capital da província.

O ano de 1870 é marcado com dias de festas com o regresso dos heróis da guerra do Paraguai, vencida pelo Império do Brasil e aliados.

Em 1871, os médicos Constantino Luís da Silva Moura e Simplício de Sousa Mendes anunciavam serviços profissionais . Visitas médicas a três mil réis (3$000); cinco mil réis (5$000) no período da noite; Vinte mil réis (20$000) vinte mil réis cada légua percorrida; Trinta mil réis (30$000) a légua de estadia na casa do paciente.

1871 ? Davi Caldas realizou realiza conferências públicas para explicar o novo sistema métrico, criado na França.

- O comércio a venda de luvas de seda de fio da Escócia.

1873 começa a circular o jornal ?Oitenta e Nove?, editada por Davi Caldas, quando o jornalista anunciou a proclamação da República para o ano de 1889.

1874 ? Havia sistema de carros de aluguel, puxados por cavalos, em Teresina, para casamentos, batizados, cortejos de baile e de teatro. Jogava-se bilhar. A moda também era ler Júlio Verne e as mulheres suspiravam com os romances de José de Alencar e com ?A Moreninha?, de Joaquim Manuel de Macedo.

1876 ? Fundada um restaurante. Anunciava comidas italianas, francesas, portuguesas e inglesas. Dirigida por José Pico, anunciava também a venda de chá, café, chocolate e pudins.

1877 ? Surgem os profissionais que faziam penteados para senhoras.

- O ano é marcado por grande seca. Os imigrantes cearenses trabalham na abertura da Estrada Nova, hoje rua Rui Barbosa, em Teresina.

- O comércio vendia piano e brins de Hamburgo, da Alemanha.

1879 ? É fundada o Teatro Concórdia, meias-águas do quartel da Polícia Militar, hoje Central de Artesanato Mestre Dezinho, situado à praça Pedro II.

- Em Teresina fabricava-se traques de São João, São Pedro e São Paulo. O comércio vendia leques de madrepóla, extratos franceses e espartilhos.

- Surge escola noturna, de pouca duração. Fechada por falta de alunos.

- Casas especializadas vendiam fiambre e loteria federal.

- Raimundo de Carvalho Pires anunciava banho a 80 réis na sua quinta da rua do Amparo, atual rua Areolino de Abreu, que corta o centro de Teresina.

- Primeiras observações meteorológicas em Teresina. Temperatura máxima: 36. Mínima: 25,8. Média: 28,5.

- Grandes festas cívicas marcam a chegada do telégrafo.

1886 ? Sagração da igreja de São Benedito, construída no Alto da Jurubeba por frei Serafim de Catânia. A construção levou doze anos.

1888 ? Manifestações cívicas comemorativas da libertação dos escravos.

1889 ? A população de Teresina recebe a informação da proclamação da República, pelo marechal Deodoro da Fonseca, no Rio. No Teatro Concórdia, os partidários do novo sistema de governo são ameaçados de prisão pelo chefe de polícia. No dia 16 d novembro, o capitão Francisco Pedro de Sampaio e o telegrafista Leonel Caetano da Silva, sob os aplausos da população, proclamaram, pelas cinco horas da tarde, a República no Piauí.

- É instalado o serviço de limpeza pública de Teresina, em carroças puxadas por bois.

1890 ? É inaugurada a Fábrica de Fiação de Tecidos Piauienses.

1891 ? É instituída a primeira loteria do Estado do Piauí. Foi extinta. A atual, surgiu no governo de Chagas Rodrigues.

- A imprensa noticia que Teresina está repleta de mulheres perdidas e meninos vadios.

- Instalado o Tribunal de Justiça do Piauí, local hoje do Luxor Hotel do Piauí, entre praças Rio Branco e Deodoro da Fonseca, em Teresina. Depois, quando o governo passou para o Palácio de Karnak, o Tribunal instalou-se na antiga sede do Executivo, casarão que hoje abriga o Museu do Piauí, na praça Deodoro da Fonseca. O govermador Alberto Silva construiu o Palácio da Justiça, atual sede do Poder Judiciário.

1894 ? É inaugurado o Theatro 4 de Setembro, tendo Manuel Raimundo da Paz, como mestre de obras.

1899 ? Diversas personalidades de Teresina fundam o Sport Club, entre as quais Joça Broxado, José Furtado Beleza e Cazuza Avelino. As primeiras disputas realizaram-se domingo, 29 de janeiro. Foram juízes: Celestino Filho e Heitor Castelo Branco. Juízes de raia: Higino Cunha, João Gayoso, Cazuza Avelino e os militares João de Deus Moreira de Carvalho e Pedro Mendes. Juizes de chegada: Clodoaldo Freitas, Raimundo Areia Leão, João Gayoso e o militar Raimundo Magno. Local: Alto da Moderação. Houve três páreos: 1º) ?Experiência? ? 600 metros, em bicicleta; 2º) ?A Notícia? ? 300 metros, a pé; ?Belo Sexo? ? 500 metros, em bicicleta. Vencedores: os militares Raimundo Freitas, Costa Araújo e Joça Broxado.

Conselhos de Intendência Municipal

A 26 de dezembro de 1889, o governador Gregório Taumaturgo de Azevedo, assume a chefia do Executivo estadual. É ele que, no dia 20 de janeiro de 1890, baixou ato, também assinado por Clóvis Beviláqua, secretário de Governo, criando os Conselhos de Intendência Municipal nos municípios piauienses.

Para o Conselho de Intendência do Município de Teresina foram designados os seguintes membros:

Presidente ? João da Cruz Santos (barão de Uruçuí);

Conselheiros ? Capitão Mariano Gil Castelo Branco (barão de Castelo Branco), Teodoro Alves Pacheco, Simplício Coelho de Resende, cônego Tomás de Morais Rego e capitão José Antônio de Santana.

O segundo intendente (presidente do Conselho) foi o barão de Castelo Branco.

O governador Taumaturgo de Azevedo deixa o governo a quatro de junho de 1890 e no dia 27 de dezembro toma posse o governador Álvaro Mendes, que decreta a Constituição do Piauí ad referendum do congresso constituinte.

No dia 13 de junho de 1892, já promulgada a Constituição, realiza-se a primeira eleição para escolha do intendente de Teresina, do vice-intendente e dos conselheiros municipais.

Foram eleitos:

Intendente ? Manuel Raimundo da Paz

Vice-Intendente ? Honório Parentes

Conselheiros ? militar Raimundo Antônio de Farias, farmacêutico Alfredo Gentil de Albuquerque, Joaquim José da Cunha, Raimundo Elias de Sousa, Leôncio Pereira de Araújo, Jardelino Francisco Barbosa de Amorim, Viriato Rios do Carmo, Francisco da Silva Rabelo, Manuel Lopes Correia Lima.

.

Relação dos Intendentes de Teresina:

1) De 07.01.1893 a 07.01.1897 - Manuel Raimundo da Paz, piauiense, nascido no município de Humildes (atual Alto Longa) em 1838. Faleceu em Teresina.

2) De 07.01.1897 a 14.03.1900 - Antônio Gonçalves Pedreira Portelada, que permanece no cargo até 07 de janeiro de 1901.

3) De 07.01.1901 a 01.01.1905 - Benjamim de Sousa Martins, sendo o vice-intendente Antônio Francisco Ribeiro.

4) De 20.02.1905 a 07.01.1909 - Domingos Monteiro. Militar. Enquanto aguardava licença do Exército para assumir, a Intendência foi ocupada pelo vice Afonso Ribeiro de Albuquerque, de 01.01 a 20.02.1905.

5) De 07.01.1909 a 06.09.1909 - Emílio César Burlamaqui, que renunciou em 06.09.1909 para assumir o cargo de delegado fiscal. O vice-intendente Adão de Medeiros Soares permanece na Intendência até 30.10.1909.

6) De 30.10.1909 a 29.03.1910 - José Pires Rebêlo, engenheiro civil, foi deputado federal e senador pelo Piauí. Natural de Piripiri, ele faleceu no Rio de Janeiro. Em 29.03.1910 renuncia para assumir o cargo de diretor de Obras Públicas. Assume o vice-intendente Adão de Medeiros Soares, que permanece até 11.09.1910.

7) De 11.09.1910 a 07.01.1913 - Tersandro Gentil Pedreira Paz. Nascido em Teresina. Farmacêutico, foi comerciante e industrial. Morreu no Rio de Janeiro.

8) De 07.01.1913 a 01.01.1917 - Tersandro Gentil Pedreira Paz. Reeleito.

9) De 01.01.1917 a 24.01.1921 - Antônio da Costa Araújo. Engenheiro militar, ele foi comandante do 25º BC, em Teresina. Natural de Campo Maior, ele morreu em Teresina.

10) De 24.01.1921 a 27.04.1924 - Manuel Raimundo da Paz Filho. Oficial do Exército. Natural de Campo Maior. Teve administração tumultuada por desentendimentos políticos. O ex-governador João Luis Ferreira é eleito para o quadriênio seguinte, mas não assume. A Intendência é dirigida e por todo o período pelo vice-intendente Anfrísio Lobão Veras Filho. Com o afastamento de Manuel Raimundo da Paz Filho, assume a Intendência o presidente do Conselho João da Cruz Monteiro, de 27.01.1924 a 02.01.1925.

11) De 02.01.1925 A 02.10.1929 - Anfrísio Lobão Veras Filho. Era Médico, natural de União, morreu em Teresina.

12) De 02.01.1929 a 06.10.1930 - Domingos Monteiro. Reeleito. Mandato interrompido pela Revolução de 1930, que leva Getúlio Vargas à chefia da Nação. O governador João de Deus Pires Leal é deposto. Assume o Executivo estadual o vice-governador Humberto de Arêa Leão. Monteiro recusa continuar no cargo e Raimundo de Arêa Leão assume a Intendência na condição de Prefeito.

PREFEITOS DE TERESINA

Os prefeitos de Teresina, de 1930 até os nossos dias.

1) De 06.10.1930 a 23.12.1930 - Raimundo de Arêa Leão. Natural de Teresina, ele faleceu no Rio de Janeiro. Foi ainda deputado e senador.

2) De 23.12.1930 a 29.01.1931 - João Martins do Rego. Nomeado. Deposto o governador Humberto de Arêa Leão, o prefeito deixa o cargo. Assume a chefia da Prefeitura de Teresina José (Juca) Beneficio de Morais Trindade, de 29.01.1931 a 03.03.1931. Ele era natural de Piracuruca (PI). Juca Trindade morreu em Teresina.

3) De 03.03.1931 a 08.03.1932. Domingos Monteiro. Nomeado. Dirige Teresina pela terceira vez.

4) De 08.03.1932 a 17.03.1932 - Agenor Monte - Nomeado. Oficial do Exército.

5) De 17.03.1932 a 17.05.1935 - Luís Pires Chaves. Nomeado. Engenheiro civil.

6) De 17.05.1935 a 12.09.1935 - Osvaldo da Costa e Silva. Nomeado. Dentista. Foi prefeito de Floriano (PI) e vice-governador do Piauí.

7) De 12.09.1935 a 01.02.1936 - Francisco do Rego Monteiro. Nomeado. Funcionário público e bancário. Natural de União.

8) De 01.02.1936 a 14.11.145 - Lindolfo do Rego Monteiro. Nomeado, Médico.

9) De 14.11.1945 a 14.03.1946 - José Martins Leite Pereira, Nomeado. Engenheiro civil.

10) De 14.03.1946 a 09.11.1946 - Celso Pinheiro Filho. Nomeado. Militar, advogado, jornalista e escritor. Nasceu e morreu em Teresina.

11) De 09.11.1946 a 14.01.1947 - Alberico Leal. Por se encontrar vago o cargo de vice-prefeito é designado para exercer o cargo de prefeito.

12) De 14.01.1947 a 10.04.1947 - Durvalino Couto. Nomeado. Médico.

13) De 10.04.1947 a 02.05.1947 - Alberico Leal. Designado, pela segunda vez, para responder pela Prefeitura, por estar vago o cargo de vice-prefeito.

14) De 02.05.1947 a 07.01.1948 - Godofredo Freire da Silva. Nomeado. Advogado e engenheiro. Nasceu em Teresina e morreu em Salvador, Bahia.

15) De 07.01.1948 a 21.04.1948 - José Virgílio Castelo Branco da Rocha. Nomeado.

16) De 21.04.1948 a 12.07.1948. José Martins Leite Pereira. Eleito. Renunciou para assumir cargo no Departamento Nacional de Portos e Rios Navegáveis. Assume o vice-prefeito José Ribamar de Castro Lima.

17) De 12.07.1948 ao 1° semestre de 1950 ? José Ribamar de Castro Lima. Médico, natural de Parnaíba (PI). Deixou o cargo e elegeu-se deputado estadual. Assumiu o presidente da Câmara, vereador Edmundo Genuíno de Oliveira.

18°) Segundo semestre de 1950 a 31.01.1951, Edmundo Genuíno de Oliveira. Nasceu em Campo Maior e morreu em Teresina.

19°) De 31.05.1951 a 31.01.1955 ? João Mendes Olímpio de Melo. Eleito. Engenheiro agrônomo. Foi senador e deputado federal.

20°) De 31.01.1955 a 30.01.1959 ? Agenor Barbosa de Almeida. Eleito. Médico. Deputado estadual.

21°) De 30.01.1959 a 31.01.1963 - Petrônio Portella Nunes. Eleito. Deputado estadual. Governador. Senador. Presidente do Congresso Nacional e ministro da Justiça. Nasceu em Valença e morreu em Brasília (DF). Nos impedimentos de Petrônio, assumiu o vice-prefeito Inácio Soares da Silva. Afasta-se para disputar o Governo do Estado. Assumiu por 28 dias o 2º vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Gil Andrade. Eleito governador, Petrônio volta ao cargo de prefeito de Teresina.

21) De 31.01.1963 a 31.01.1967 - Hugo Bastos. Eleito. Médico. Seu vice foi Raimundo Wall Ferraz, que renunciou ao cargo em maio de 1966.

22) De 31.01.1967 a 16.03.1967 - Jofre do Rego Castelo Branco. Militar. Interventor. Ex-presidente da Câmara Municipal de Teresina. Nas ausências do coronel (PM) Jofre do Rego Castelo Branco, a Prefeitura foi dirigida pelo Chefe de Gabinete José Jesus Trabulo de Sousa, bancário e jornalista.

23) De 16.03.1967 a 10.10.1969 - Jofre do Rego Castelo Branco. Prefeito nomeado.

24) De 10.10.1969 a 14.05.1970 - José Raimundo Bona Medeiros. Que foi deputado estadual, vice-governador e governador do Piauí. Nomeado. De novo deputado estadual. Presidente da Assembléia Legislativa.

25) De 14.05.1970 a 29.06.1970 - Wagner Saraiva de Lemos. Chefe de Gabinete, assumiu em face da renúncia de José Raimundo Bona Medeiros para candidatar-se a deputado estadual.

26) De 26.06.1970 a 18.03.1971 - Haroldo Borges. Nomeado. Advogado e empresário.

27) Dois prefeitos substituíram Haroldo Borges em seus impedimentos: Valdo Ribeiro Pessoa e Homero Castelo Branco.

28) De 18.03.1971 a 18.03.1975 - Joel da Silva Ribeiro. Militar. Nomeado. Substitutos eventuais: Adelmar Vila, Cláudio Almeida e Avelino Neiva.

29) De 18.03.1975 a 23.03.1979 - Raimundo Wall Ferraz. Nomeado. Substituto eventual: Luís Gonzaga Paes Landim. Wall foi presidente da Câmara Municipal de Teresina. Secretário de estado da Educação. Deputado federal.

30) De 23.03.1979 a 14.05.1982 - José Raimundo Bona Medeiros. Nomeado. Advogado. Substituto eventual: economista Almir Bittencourt.

31) De 14.05.1982 a 21.03.1983 - Jesus Elias Tajra, que também foi deputado estadual e federal constituinte. Nomeado. Substituto eventual: Haroldo Borges.

32) De 21.03.1983 a 31.12.1985 - Antônio de Almendra Freitas Neto. Nomeado. Deputado estadual. Secretário de Governo. Presidente da Assembléia Legislativa. Deputado federal. Governador do Piauí. Senador da República. Ministro.

33) De 01.01.1986 a 31.12.1988 - Raimundo Wall Ferraz. Eleito. Foi candidato a governador, derrotado por Freitas Neto. Deputado federal. Vice-prefeito de Wall Ferraz: jornalista Deoclécio Dantas.

34) De 01.01.1989 a 31.12.1992 - Heráclito de Sousa Fortes. Deputado federal. Senador.

35) 01.01.1993 a 31.12.1996 - Raimundo Wall Ferraz. Com a sua morte prematura, assume o vice-prefeito Francisco Gerardo.

36) De 01.01.1997 a 31.12.2000 - Firmino Soares da Silveira Filho. Vice-prefeito Miranda Dantas. Firmino Filho foi reeleito para mais um período, cujo mandato se encerrou a 31.12.2004. Vice-prefeito: Marcos Silva.

37) De 01.01.2005 a 31.12.2008 ? Sílvio Mendes de Oliveira. Vice-prefeito: Elmano Ferrer. Reeleito Sílvio Mendes de Oliveira em 2008, seu mandato vai até 31.12.2012. Vice-prefeito reeleito: Elmano Ferrer.

COMUNICAR ERRO

Comunique à Redação erros de português, informação ou técnicos encontrados nesta página:

  • Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente ao Portal Meio Norte

AKICOMPRO