Primeira dama de Lagoa Alegre sofre calúnia e esclarece em nota

Rizalva Fortes se desligou de cargo em Batalha no mês de março

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sr.ª RIZALVA DA SILVA SOUSA FORTES vem a público, exercendo seu DIREITO DE RESPOSTA, repudiar veementemente as falsas e difamatórias informações noticiadas em que informavam sobre suposta conduta imoral, onde a mesma estaria recebendo proventos na qualidade de professora da rede municipal de ensino da cidade de Batalha – PI, sem que estivesse exercendo o magistério naquele município, tudo por estar ocupando o cargo de Secretária na Secretaria Municipal de Finanças de Lagoa Alegre – PI, conforme informações noticiada em um site de notícia e posteriormente compartilhada em rede.


Ocorre que da realidade dos fatos, se extrai que a Sr.ª Rizalva, na qualidade de Professora, encontrava-se em pleno período de FÉRIAS COLETIVAS de seu magistério durante os meses de JANEIRO e FEVEREIRO de 2017, como é do notório conhecimento de todos.

Não obstante a este fato, tem-se o relevante detalhe que a Sr.ª Rizalva veio a providenciar TEMPESTIVAMENTE, requerimento para obtenção de Licença, por força de direito adquirido, obtendo o respectivo deferimento do seu direito pleiteado.

Desta feita, é inconteste que a professora, definitivamente não recebe nenhuma remuneração de origem irregular, imoral ou indevida, já que se encontra plenamente amparada no simples e legal exercício de seus direitos.

Aproveita ainda a oportunidade para destacar que, tais informações perfazem atos de extrema maldade, má-fé e violação de direitos, com a descabida e desautorizada publicação de DOCUMENTO e SENHA de natureza pessoal e intransferível, praticados contra a professora licenciada e Secretária Municipal, que somente objetivam macular sua honra e moral quanto pessoa, profissional e principalmente como figura pública, já que esta vem desempenhando de forma ilibada suas funções frente à Secretaria Municipal de Finanças de Lagoa Alegre – PI, fato público, (publicado em D.O.M., Ed. MMMCCXLIV, de 03 de Janeiro de 2017).

Por fim, ressalta-se o fato de que todas as providências no intuito de RESPONSABILIZAR CIVIL E CRIMINALMENTE, os responsáveis por veiculação e propagação de descabidas inverdades e violações de direito já estão sendo adotadas, de forma a se combater a impunidade de ataques dolosos, gratuitos e covardes como este.

Lagoa Alegre - PI, 17 de maio de 2017.

Rizalva Da Silva Sousa Fortes.
RG nº 1.794.488 SSP/PI