O Paredão do Desespero

O Paredão do Desespero



Formação de paredão surpresa já é uma loucura! E as circunstâncias desse tornaram a coisa ainda mais tensa. A começar pelos já tradicionais erros de produção na prova do líder. Não dá pra entender um programa desse porte, em uma das maiores empresas do mundo, insistir em cometer erros tão idiotas. O fato é que a Panasonic fez o pior comercial da história do BBB, já que seu cronômetro falhou de forma bizarra.

Mas, trapalhadas a parte, a semana foi tensa também por causa do que os Brothers aprontaram la dentro. A formação do paredão acirrou brigas, como a de Nasser e Fani. E abalou amizades, como a de Kamila e Marcelo. E na parede da reviravolta, Nasser foi o maior vencedor. Ele, que já vinha vitorioso de um paredão, agora, não só escapou da berlinda, como conseguiu colocar no pau suas duas maiores adversárias. É hora de falar dos emparedados.

Fani

Ela voltou! Depois do conturbado BBB7, agora sem triângulo amoroso. Ficou na paranoia de não repetir os mesmos erros, de parecer mais serena e equilibrada. E está justamente o contrário. Fani parece sempre estar a beira de um ataque de nervos. Fica tensa com as brigas, administra mal os votos que recebe e surta a cada crise de carência. Isso sem falar da chatice quando resolve bancar a síndica da casa. A seu favor, ainda pesa um grande carisma com o público. Herda a simpatia do passado, reflexo da boa parceria com Alemão e Siri. Tem também um coerente conceito de justiça, visível aos olhos do público. É forte no jogo, mas fraca de cabeça. Resta saber o que vai prevalecer...

Marcelo

Mais do mesmo. Cada vez mais suicida, cada vez mais agressivo e imprudente. Esse é o jogo do Marcelo. O personal foi além do jogo solo, o que faz agora é guerra declarada contra o mundo. Tem como grande habilidade a arte de saber provocar e tirar os adversários do sério. E faz isso falando baixinho. Mas já ficou explícito demais, todos já perceberam sua estratégia. Marcelo faz o jogo do tudo ou nada. Ou vai sair em um paredão de grande rejeição ou se consagra. E claro que acho a primeira possibilidade bem mais provável...

Kamila

Vou dizer o que? Ela mesma descreveu a sua situação quando disse: ?Como uma pessoa pode ser líder, monstro e emparedada, tudo no mesmo dia??. Pois é, Kamila viveu fortes emoções essa semana. Não teve culpa da parte da liderança perdida, mas o resto foi apenas consequência de seus atos. Kamila não é perseguida, apenas não é querida. E não faz força pra isso. É o típico exemplo de quem acha que ter personalidade é impor seu jeito desagradável aos outros. Com a saída de Eli, perdeu o joguinho de casal e vê sua rejeição crescendo. Mas conta com uma grande torcida, reforçada pela parceria com o carismático casal Fernanda e André. Só que a gata está sempre derrapando no excesso, no exagero. Alguém já viu uma reação tão ridícula e teatral ao paredão como a protagonizada por Kamila nessa quinta-feira? Difícil. Se era para parecer emoção genuína, ficou mais para atuação tresloucada e débil.

Palpite

Fani é figurante, isso é um fato. Porque esse é um paredão de rejeição, de quem o público não suporta mais vê na TV. E a disputa promete ser acirrada, já que Kamila e Marcelo deram muitos motivos para despertar ódio e aversão. E como até a amizade entre os dois parece ter ido para o espaço, o confronto fica ainda mais direto. Kamila tem a seu favor a torcida de Fani, que é sua amiga. E ainda o fato de Marcelo brigar com todos ao mesmo tempo. Mas Marcelo pode escapar de novo, por ainda não ser a bola da vez. Kamila é mais irritante no vídeo, aparece mais e se expõe mais ao julgamento popular. Vai ser um paredão decidido no detalhe. Mas minha aposta é que Kamila deslizou naquela linha tênue que separa a grande jogadora da jogadora que acha que é grande...