Evaldo: é preciso primeiro concluir investigação

Deputado pede cautela e espera conclusão de investigação

Por Arimatéa Carvalho

O deputado estaudal Evaldo Gomes (PTC), um dos líderes da oposição no Piauí, afirma que a operação Itaorna, desenvolvida pelo Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado, Grupo de Combate ao Crime Organizado no Piauí e Polícia Rodoviária Federal, precisa ser concluída e as investigações finalizadas para então se afirmar se os acusados são inocentes ou culpados. Ele disse que o momento é delicado, mas requer cautela.

A operação cumpriu mandados de busca e apreensão atrás de provas da prática de fraudes em licitações.

A operação envolveu o cumprimento dos mandados junto a Secretaria de Turismo, Secretaria de Desenvolvimento Rural, Instituto de Desenvolvimento do Piauí – IDEPI, Coordenadorias de Desenvolvimento Social e Lazer, Coordenadoria de Combate à Pobreza Rural e Construtora Crescer.

“É uma situação preocupante, mas é necessário esperar que a investigação seja concluída para saber se de fato os acusados são inocentes ou culpados. Esse processo de fiscalização, conferido pelo poder investigatório do  Ministério Público, se deu  em âmbito nacional e agora chega aos estados. No entanto,  é preciso a população ficar atenta. Há um sentimento hoje da população ser o fiscal das instituições públicas, então é preciso que ela fique vigilante, porque onde há fumaça há fogo “, afirma Evaldo Gomes.








logomarca do portal meionorte..com