Partido ameaça expulsar vereadores infieis

42 parlamentares têm de votar nos candidatos do partido

Comunicado do partido aos vereadores (Crédito: reprodução)
Comunicado do partido aos vereadores (Crédito: reprodução)

Por Arimatéa Carvalho

Em documento enviado aos 42 vereadores do Solidariedade no Piauí, a cúpula nacional do partido avisa que vai fechar os diretórios municipais e expulsar os parlamentares que não votarem nos candidatos a deputado federal do partido nestas eleições.

O documento, assinado inclusive pelo presidente Paulinho da Força, vai mais longe: não aceita que os vereadore escolham candidatos a federal da mesma coligação, mas de outra agremiação. Tem de ser do Solidariedade. 

O partido invoca a fidelidade e resoluções do partido para exigir o voto nos candidatos da sigla.








logomarca do portal meionorte..com