Condenada por peculato, Rosemary Fonseca Marinho é agora secretária-adjunta de Finanças da Saúde de São Luís

Condenada por peculato, Rosemary Fonseca Marinho é agora secretária-adjunta de Finanças da Saúde de São Luís

Condenada por peculato, Rosemary Fonseca Marinho é agora secretária-adjunta de Finanças da Saúde de São Luís

Esta semana o caso de uma condenação por peculato, ocorrido no ano de 2009, virou tema mais discutido de alguns dos principais blogs de São Luís.

A atual secretária-adjunta de Finanças da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de São Luís, Rosemary Fonseca Marinho, foi condenada em junho de 2009 por peculato.

A decisão foi proferida pelo titular da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, no dia 9 de junho daquele ano.

O crime de peculato é tipificado pelo artigo 312 do Código Penal. A ação material do criminoso consiste na apropriação ou desvio de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que a pessoa tem a posse em razão do cargo que ocupa.

Rosemary foi condenada por apropriar-se de valores correspondentes a contribuições profissionais dos enfermeiros, juntamente com a mãe dela, Maria Luiza Fonseca de Souza ? presidente do Conselho Regional de Enfermagem (Coren) de 1990 a 1996.

O crime de peculato prevê pena de dois a 12 anos de prisão e multa. Como as duas eram rés primárias, as penas foram reduzidas à prestação de serviços à comunidade e à prestação pecuniária.

Será que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, sabia disso, quando trouxe Rosemary Matinho de volta do Pará para assumir um cargo de tamanha confiança?

Ah, e eu ia esquecendo... Rosemary Fonseca Marinho é irmã do ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho ? que teve o mandato de deputado federal cassado por corrupção, em 2005. E é cunhada da ex-prefeita Márcia Marinho ? também considerada ficha suja, após ter as contas de governo dela reprovadas pelo TCE-MA por várias improbidades administrativas.





logomarca do portal meionorte..com