Polícia de Anísio de Abreu e São Raimundo já tem os nomes de 6 suspeitos de assassinar de forma bárbara uma adolescente de 16 anos

Polícia de Anísio de Abreu e São Raimundo já tem os nomes de 6 suspeitos de assassinar de forma bárbara uma adolescente de 16 anos

A Polícia Militar de Anísio de Abreu e São Raimundo Nonato já tem os nomes de 6 suspeitos de ter matado de forma cruel, no último sábado no Velho Paulo, povoado de Anísio de Abreu, a adolescente Alcione Alves dos Santos, de 16 anos. Isso por causa de dois detalhes: uma camisinha usada por um dos maníacos que foi deixada na cena do crime, e mechas de cabelo encontradas nas mãos da vítima.

Ela, no desespero para se defender das agressões e da morte, travou luta corporal com os assassinos, arrancando uma grande quantidade de cabelos deles. O corpo foi encontrado na segunda-feira na beira da estrada que liga Anísio de Abreu a São Braz. O blog vai acompanhar o desenrolar deste caso. O nome ainda não foi revelado para não atrapalhar as investigações e a prisão. Os assassinos devem ter marcas de arranhões pelo corpo e pela cabeça, o que comprovaria a autoria do assassinato caso seja preso nos próximos dois dias.





(POLICIAL FOTOGRAFOU CORPO DA JOVEM NA BEIRA DE ESTRADA)

O corpo da jovem Alcione Alves dos Santos foi periciado na terça-feira no Instituto Médico Legal em Teresina, onde familiares esperam a realização da perícia para retornarem a São Braz, onde fizeram o sepultamento.

OPINIÃO DO IRMÃO DA VÍTIMA

O irmão da vítima, Eduardo Santos, disse ao repórter Juvenal Ribeiro, da Rede Meio Norte, que a jovem foi encontrada com o corpo completamente nu e com muitas marcas de violência.

"Foi uma barbaridade que fizeram. Não sei nem o que dizer. Ela estava com outra jovem, mas a família não sabe o que realmente aconteceu. Ela estava numa festa e tudo indica que foi morta na madrugada de sábado para domingo", disse Eduardo.