Para avançar  o melhor é planejar os rumos da educação - PNAIC

Para avançar o melhor é planejar os rumos da educação - PNAIC

Secretária Norma Suely Abreu reúne educadores para atualizar metodologias

A prefeitura de Monsenhor Gil por meio da secretaria Municipal de Educação, realizou neste sábado  (14)  II Encontro do PNAIC, das 7h30min às 17h, na sede da própria secretaria.  O Programa consiste na  Formação Continuada e participam 70 professores de Educação Infantil e 1° ao 3° ano. O objetivo é ajudar os professores e coordenadores pedagógicos a planejarem ações que permitam ajudar os alunos a alcançarem os objetivos de aprendizagem estabelecidos para cada etapa do ciclo de alfabetização!

A secretaria Norma nos falou que o prefeito João Luiz lhe pediu para em seu nome agradecer aos que  fazem a secretaria por tão produtivo encontro. Norma nos disse ainda  que ela particularmente é só agradecimentos por momentos de interatividade, conhecimento e aprendizado entre seus pares. "Dava para ver no semblante dos meus colegas e colaboradores, a felicidade  com a dedicacão e competência dos professores orientadores do Programa e com a participação e compromisso dos professores", afirmou Norma.

A secretaria Norma fez questão de agradecer os que participaram, os 74 professores alfabetizadores da Educação Infantil e do 1º ao 3º Ano do Ensino Fundamental do município, sob a Coordenação do Prof.º Genivaldo Dias. Parabenizou ainda aos Orientadores do PNAIC, Prof.ª Francisca de Paula, Prof.ª Maildes Borges e Prof.ª Berenice Leal, pelo trabalho excelente e competente realizado à frente do Programa

Em tempo 

Pnaic: o desafio da alfabetização na idade certa. Garantir o direito à alfabetização plena a todas as crianças até os oito anos de idade. Esse é o desafio colocado pelo Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), acordo implementado em 2012 entre governo federal, estados, municípios e instituições.

Entenda a estrutura do Pnaic

O Pacto tem quatro eixos de atuação:

1° - Formação continuada de professores alfabetizadores: curso presencial com duração de dois anos para os professores, ministrados pelos orientadores de estudos, educadores que fazem um curso específico, com duração total de 200 horas por ano, realizados pelas universidades públicas nacionais. O material para a capacitação foi desenvolvido pela Universidade de Pernambuco (UFPE) com a colaboração de 11 instituições de ensino superior.

2 ° - Materiais didáticos e pedagógicos: livros, obras complementares, dicionários, jogos de apoio à alfabetização, entre outros materiais que são disponibilizados para os professores e alunos.

3° - Avaliações: processo pelo qual o poder público e os professores acompanham a eficácia e os resultados do Pacto nas escolas participantes. Por meio dessa avaliação, poderão ser implementadas soluções corretivas para as deficiências didáticas de cada localidade. Acesse a publicação Avaliação no ciclo de alfabetização: reflexões e sugestões públicas nacionais.

4° - Gestão, controle social e mobilização: sistema de gestão e de monitoramento, com o intuito de assegurar a implementação das etapas do Pacto. O sistema de monitoramento (SisPacto), disponibilizado no Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle (Simec), possibilita esse acompanhamento constante pelos atores envolvidos no Pacto. (Internet).


logomarca do portal meionorte..com