Bom exemplo: Município fornece água a população sem cobrar

Bom exemplo: Município fornece água a população sem cobrar

Enquanto é feito a leitura e entregue o talão de água sem o fornecimento da mesma, o município está distribuindo água com abundância nos chafarizes sem cobrar talão.

Mesmo sem cobrar pelo fornecimento de água dos chafarizes da Zona Rural e Urbana, quando na realidade a obrigatoriedade do fornecimento da água aqui na cidade não é do município e sim de uma empresa que cobra caro por isso, o município está fornecendo água a população de graça, sem cobrar pela água que está sendo fornecida, o contrário do que está acontecendo que é a leitura dos hidrômetros e a entregua dos talões com preços absurdos mesmo sem ter água nas torneiras dos usuários, o que não poderia acontecer.

Essa atitude do município fornecer água em todos os chafarizes da cidade das 5:00h da manhã até as 18:00h é uma atitude solidária, humana, honesta com a população, antes a de baixa renda, aquelas que não tem condições de pagar um talão de água caro. Hoje essa situação mudou e passou a englobar toda a população que tem se socorrido com os chafarizes mantidos pelo município, porque a cidade está sem água, por não ter havido  essa preocupação bem antes. Perguntamos, essa preocupação agora, essas providências não poderiam ter sido antes ou não? Podia e se tivesse sido feito a um ano atrás o que está se propondo fazer agora, a situação não teria chegado essa calamidade.

Queremos registrar também e até agradecer as pessoas de bom coração que tem poço e estão doando água sem cobrar para quem não tem, isso é um gesto social muito grande é exemplo fraterno e de humanidade. Que Deus cubra com seu manto o poço dos empresários Zé Cláudio, Juscelino Araújo, Agnelo Barros e tantos outros que estão solidários com a situação e estão compartilhando sua água com quem não tem e que a água desses poços sempre seja uma água abundante e saldável.    

Image title

Image title

Image title

Image title

Essa senhora já de uma certa idade, com alguns problemas de saúde, tendo que se sacrificar com a lata d'água na cabeça (Crédito: Edinardo Pinto )
Essa senhora já de uma certa idade, com alguns problemas de saúde, tendo que se sacrificar com a lata d'água na cabeça (Crédito: Edinardo Pinto )

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Uma sena que estava desaparecida, agora virou rotina (Crédito: Edinardo Pinto )

Image title

Image title

Image title

Image title

logomarca do portal meionorte..com