Polícia captura elemento de alta periculosidade em Piracuruca

Polícia captura elemento de alta periculosidade em Piracuruca

É suspeito de praticar assaltos em Piracuruca e Esperantina

Na tarde desta quarta-feira (19/04), a Polícia Militar e Civil de Piracuruca, cumpriram um mandado de prisão preventiva do elemento conhecido como "Melqui", ele cumpria pena na penitenciária de Esperantina, havia recentemente sido posto em liberdade, momento em que retornou várias práticas de assalto no município, a polícia já havia levantado suspeita do envolvimento do sujeito, até que vítimas de assaltos a mão armada reconheceram o perfil do meliante, através deste fato o delegado Hugo Alcântara solicitou ao Juiz de Direito do Fórum, Dr. João Bandeira, que prontamente expediu o mandado de prisão preventiva.

A Polícia Militar com o reforço da Polícia Civil, em posse do mandado judicial, foram cumprir por volta de 13:30h a ação na casa do elemento, que reside no bairro Guarani, ao chegar no local, a polícia cercou a casa, "Melqui" ainda tentou empreender fuga, mas não teve sucesso, no interior da residência os policiais encontraram o cabo de um revólver, mas não conseguiram identificar o calibre, em seu celular havia uma conversa com outro criminoso, onde o conteúdo exibia uma tratativa sobre um armamento, após a vistoria ele foi conduzido a delegacia.

Cabo da arma que foi encontrada na casa de "Melqui"

"Melqui" apresentava pelo corpo feridas provocadas por disparo de arma de fogo, o elemento informou as autoridades que esteve no município de Esperantina ontem (18/04), com a razão de visitar uma filha, ao realizar um passeio, foi recebido a bala por um desconhecido, mas não soube explicar porque não procurou atendimento médico.

"Melqui" é acusado de envolvimento em vários assaltos no município de Piracuruca, em sua ficha criminal consta além de assaltos a mão armada, a prática de um homicídio.


Fonte: http://www.piracurucaaovivo.com/2017/04/policia-captura-elemento-de-alta.html


Notícia relacionada...

PM captura homicida no centro de Piracuruca com arma de fogo