Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Rottweiller encontrado enterrado em um terreno está em estado gravíssimo

O cachorro estava com uma corda amarrada em uma das patas

Rottweiller encontrado enterrado em um terreno está em estado gravíssimo
|
Compartilhe
Google Whatsapp

Um rottweiller foi encontrado enterrado vivo num terreno baldio na Barra de São Miguel, litoral Sul de Alagoas. O cão batizado de Dogão foi resgatado por uma ONG e até o momento não se sabe quem é o responsável ou quem enterrou o animal.

O cachorro estava com uma corda amarrada em uma das patas, o que impedia ele de sair do buraco. Dogão tinha o corpo coberto de terra e só foi resgatado depois dos moradores ouvirem sons parecidos com um choro.

Depois do socorro, o cão foi levado pelos membros da ONG Projeto Acolher até uma clínica em Maceió e os voluntários estão no aguardo dos resultados dos exames veterinários.

O pequeno corre sério risco de morrer

“Me digam, não entra na minha cabeça o que leva uma pessoa a enterrar vivo um cachorro? Porque ele é velho? Não tem mais serventia de antes?”, se pergunta a instituição em postagem no Instagram.

Infelizmente, as notícias não são boas. O Projeto Acolher conta que o estado de saúde do cachorro é “gravíssimo” e a suspeita é que ele tenha cinomose, uma doença viral, que está em estado avançado, além de feridas e carrapatos.

A ONG pede ao público que ajudem com doações para salvar o rottweiller e pagar os mais de R$ 30 mil de despesas médicas. “Por favor, nos ajudem. Temos mais de 500 animais e dívidas. Mas, diante de uma situação dessa, não podíamos fechar os olhos. Não sabemos quem enterrou, ele foi achado por populares, porque estava chorando dentro do buraco”.

Culpados e responsáveis ainda não foram encontrados

Depois da morte a pauladas de um cachorro no estacionamento do Carrefour, em São Paulo, o Senado aprovou projeto de lei que endurece a pena para maus-tratos contra os animais.

O projeto do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) aumenta a pena para um a quatro anos de reclusão, além de multa de até mil salários mínimos.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto