Vida e obra de Cândido Portinari

21 de Maio 2009 as 09:58
Portinari
Foto: www.google/imagem

Cândido Portinari foi um dos mais conhecidos pintores brasileiros. Nasceu em Brodosque, São Paulo no dia 29 de dezembro de 1903, e faleceu no dia 6 de fevereiro de 1962. Descendente de Italianos. Cursou a Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro, de 1918 a 1928. o maior pintor brasileiro de todos os tempos; dotado de excepcional modéstia, seu valor e seguro em seu ofício. Recebeu um prémio de viagem em 1928, à França, a Espanha e à Itália. De 1936 a 1939, ensino na Universidade do Rio de Janeiro. Teve o seu quadro “O Café” premiado na mostra internacional, promovida pelo Instituto Canegu de Nova Iorque em 1935. A partir de então, sua obra passou a ser conhecida pelo mundo, tornando-se considerado um dos maiores pintores do nosso Continente. Sua fama internacional levou-o a pintar a fresco para a Biblioteca do Congresso de Washington, e os murais Guerra e Paz no Edifício da ONU. Suas pinturas que mais se destacaram: “São Francisco de Assis”, “A Primeira Missa no Brasil”, “Tiradentes” e a “Chegada de D. Jogo VI ao Brasil”. Entre os retratos que pintou, os mais famosos são: o da mãe do pintor, o de Mário de Andrade, o de Olegário Mariano. Ilustrou também Graham Greene e André Maurois, para as edições de luxo da Livraria Gallinard. Portinari gozava de merecido renome internacional, recebendo convites para exposições e encomendas de trabalhos de todo mundo. lncontestavelmente, a obra de Portinari contribuiu para fazer o Brasil mais conhecido entre as nações civilizadas.

Fonte: http://www.e-biografias.net/biografias/candido_portinari.php