10 dicas para usar o pendrive sem ameaças de vírus

Saiba quais cuidados tomar para não infectar o seu PC e dos demais.

Não há como negar. Os pendrives realmente facilitam a vida de quem usa vários computadores e precisa ter seus arquivos sempre à mão. Mas por serem tão práticos, fáceis de usar e levar, acabam sendo uma fonte de contaminação e disseminação de vírus em computadores. Saiba quais cuidados tomar para não infectar o seu PC e dos demais.

1- Toda vez que você plugar um pendrive em sua máquina, faça seu antivírus buscar ameaças. A verificação não demora e é essencial para a segurança do PC.

2- Evite usar seu pendrive em máquinas públicas, como feiras e eventos.

3- Evite usar seu pendrive em lan houses.

4- Quando for inevitável usar o pendrive em uma máquina pública, passe o antivírus no disco removível assim que possível.

5- Já existem soluções de antivírus especialmente para pendrives. Se você é um usuário voraz de internet e pluga seu dispositivo em diversos computadores, esse tipo de programa é fortemente recomendado.

6- Crie uma pasta na raiz de seu pendrive chamada autorun.inf. Isso evitará que programas de mesmo nome sejam salvos em seu dispositivo, anulando o potencial risco de vários vírus autoexecutáveis.

7- Alguns vírus são inteligentes e tiram do caminho aquilo que os atrapalha. Se sua pasta autorun.inf sumir, é hora de verificar a existência de vírus.

8- Não salve em seu pendrive arquivos cujo autor você desconhece.

9- Cuidado ao fazer downloads direto para o pendrive. Avalie se o site é confiável.

10- Tenha um bom antivírus em seu computador e o mantenha atualizado. Assim, se seu pendrive for infectado, o computador barrará a ameaça.

Fonte: Terra