54% são contra a proibição da palmada

De acordo com o levantamento, os meninos apanham mais que as meninas.

Pesquisa do instituto Datafolha aponta que a maioria dos brasileiros é contra o projeto de lei do governo federal que proíbe palmadas, beliscões e castigos físicos em crianças. Segundo a pesquisa, a maioria das pessoas já apanhou dos pais e já bateu nos filhos. Dos 10.905 entrevistados, 54% disseram ser contra o projeto de lei. Outros 36% revelaram ser favoráveis à proposta do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com o levantamento, os meninos apanham mais que as meninas, enquanto as mães batem mais nos filhos que os pais. Entre as mães, 69% admitiram ter dado algum tipo de castigo físico em seus filhos, contra 44% dos pais. Entre os homens, 74% disseram já ter apanhado dos pais, contra 69% das mulheres. No total, 72% dos brasileiros sofreram algum tipo de castigo físico, sendo que 16% disseram que costumavam apanhar sempre. A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 22 de julho e tem margem de erro de três pontos percentuais.

Fonte: Terra