Adeus solteirice: parabéns confirma noivado do "cobiçado" George Clooney

Empresa onde companheira do ator trabalha divulgou comunicado parabenizando o casal Leia mais sobre esse assunto em http://ela.oglobo.globo.com/vida/

Um escritório de advocacia de Londres confirmou uma das notícias mais aguardadas (e temidas por algumas mulheres) nesta segunda-feira, ao enviar os parabéns a uma de suas advogadas pelo noivado com o galã George Clooney.


Adeus solteirice: parabéns confirma noivado do

Especulações da mídia já davam conta de que o cobiçado ator de 52 anos havia recuado em sua promessa de nunca se casar novamente. Os rumores cresceram no fim de semana, depois que sua namorada, a advogada de direitos humanos Amal Alamuddin, foi fotografada usando um grande anel no dedo de casamento em um restaurante de Los Angeles.

O casal ainda não disse nada e assessores de Clooney não quiseram comentar sobre a vida pessoal do ator, mas o escritório de advocacia de Alamuddin divulgou o comunicado: "Os advogados e funcionários da Doughty Street Chambers oferecem os seus melhores votos e parabéns à a Sra. Amal Alamuddin e ao Sr. George Clooney no compromisso de casamento."

Clooney e Alamuddin, de 36 anos, namoram desde outubro do ano passado, de acordo com relatos da mídia. Clooney, vencedor do Oscar por duas vezes e ativista dos direitos humanos, foi casado uma vez, mas desde seu divórcio de Talia Balsam, em 1993, transformou-se num dos solteiros mais cobiçados de Hollywood.

Além de seu trabalho como ator, Clooney também trabalhou recentemente como um defensor de refugiados em Darfur, no Sudão . O escritório de advocacia "Bright Light" de Londres disse que tinha recrutado Alamuddin em 2010 para completar a sua formação como advogada na Inglaterra e mais tarde ela se tornou membro pleno, juntando-se a sua equipe de direito internacional.

Ela estudou na Universidade de Oxford na Faculdade de Direito da Universidade de Nova York e fala árabe e francês fluentemente, de acordo com o site do escritório de advocacia. Alamuddin orientou o ex-secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, sobre a Síria, representou o ex-primeira ministra da Ucrânia, Yulia Tymoshenko, ao desafiar sua detenção perante o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, e também o fundador da WikiLeaks, Julian Assange, no processo de extradição.

Fonte: OGlobo