Adúltera em Insensato, Deborah Evelyn diz que perdoaria traição

"Agora, tem que fazer bem feito", declarou a atriz.

Mulher do diretor Dennis Carvalho, Deborah Evelyn confessou ao "Jornal da Tarde" que amadureceu em relação ao que pensava de traição. "Pedoaria, sim. Acho que é uma coisa que existe na humanidade. Quando eu era mais nova, via isso muito a ferro e fogo. Mas acho que muda com a maturidade", disse.



No ar em "Insensato Coração" com a megera Eunice, que tem um caso extra-conjugal, a atriz continua: "Agora, tem que fazer bem feito: não me conta e não me expõe. Tem de ser num lugar onde ninguém saiba quem eu sou, o que, no nosso caso, dificulta um pouco, né?", falou, aos risos.

Fonte: EGO