10 coisas que você precisa saber sobre swing (troca de casais)

10 coisas que você precisa saber sobre swing (troca de casais)

As mulheres é que fazem os primeiros contatos entre os casais

Para quem não sabe o swing ou troca de casais, é um relacionamento sexual entre dois casais estáveis que praticam sexo grupal como uma atividade recreativa ou social. Mas dentro dessa pratica existem algumas curiosidades, que listamos para você. Confira!

1. Falsos casais

São amigos que decidem curtir a experiência ou casais inexperientes que estão apenas atrás de uma aventura sexual diferente.

2. Preconceitos

Ao comparar as ações de seu parceiro com alguém possível integrante da troca de casal pode soar como crítica e atrapalhar a relação. Procure também casais que deixem todos à vontade e estabeleça bem os limites.

3. Respeito

Quando alguma parte do casal não quer que algo aconteça durante a troca, expõe isso para os envolvidos. As razões não precisam ser justificadas, e o não deve ser respeitado por todos.

4. Regras

Depois do primeiro contato, os próprios casais definem as regras das trocas. As coisas só começam realmente a acontecer quando todos estão de acordo com os termos.

5. Homens solteiros

Não são todas as casas que permitem a entrada de homens desacompanhados, mas as que permitem geralmente tem o hábito de proibir que os solteiros façam abordagens.

6. Mulheres tomam a iniciativa

Existe um costume nas casas de swing de colocar as mulheres para fazer os primeiros contatos entre os casais. Além disso, é cortês que a abordagem seja feita quando os dois integrantes do casal estão juntos.

7. Voyeurismo

Ao assistir ou se relacionar com outros casais, a maioria das pessoas descobre novas experiências que usam como aprendizado para apimentar a própria relação.

8. Assistir

Muitos casais gostam de ir a casas de swing apenas para sentir a excitação do local tomado por um clima sexual e melhorar a relação. Apesar da visita, ficam de fora da troca de casais por muito tempo, e podem nunca adquirir o hábito.

9. Família

Além de terem relações seguras, grande parte dos swingers também tem famílias maiores, com filhos.

10. Casais maduros

Ao contrário do que as pessoas costumam pensar, os casais que fazem swing não são desestruturados ou em estão passando por crises. A maioria deles é bem estável e tem mulheres e homens acima de 30 anos.

Fonte: Up Humor