Cirurgia para aumentar o pênis: precisa mesmo?

Cirurgia para aumentar o pênis: precisa mesmo?

Cirurgia para aumentar o pênis: precisa mesmo?

Sexóloga esclarece sobre a cirurgia de aumento peniano e a necessidade de fazer o procedimento

"Meu marido tem 35 anos e está decidido a fazer cirurgia para aumentar o pênis. Em momento algum manifestei insatisfação quanto a tamanho ou forma. Ele se sente insatisfeito, mas eu acho desnecessário, pois o pênis dele tem 18 cm de comprimento. Como abordar o assunto para que ele desista?"

O tamanho do pênis e sua atratividade é uma discussão que vem de longa data e em diferentes culturas. A crença de que machos com pênis grande atrai uma quantidade maior de fêmeas, por ser um melhor reprodutor, ter mais resistência e força, surgiu em culturas primitivas.

Fantasias e mitos sexuais sobre o pênis grande foram construídos a partir dessa crença e ainda hoje, isso é um ideal a ser conquistado por muitos homens. A fantasia mais comum é de que um pênis grande proporciona maior prazer à mulher.

Mas, um estudo realizado na Universidade Nacional da Austrália, conduzido por Brian Mautz, concluiu que se um homem não for atraente para a mulher, não adianta ter um grande pênis. O tamanho importa desde que ele apresente outras características atrativas.

Na prática sexual, dependendo do tamanho do pênis, o mito do prazer feminino nem sempre se acomoda tão bem à realidade. O coito pode se tornar desconfortável, por uma condição anatômica feminina, já que a maioria das vaginas apresenta uma profundidade que pode chegar a 16 cm em estado de excitação. Além disso, a área de maior sensibilidade é o primeiro terço da entrada da vagina, onde ela pode sentir maior prazer.

Com o tempo, a insatisfação de muitos homens com o tamanho do seu pênis abriu um mercado que é explorado por muitos segmentos. Muitos produtos são oferecidos, mas nem todos são eficazes e seguros. Existe uma grande variedade: bombas penianas, esticadores, exercícios, pílulas, lipoaspiração e cirurgias. Alguns urologistas afirmam que o mercado vende ilusão.

A literatura mostra que a bioplastia peniana, cirurgia para aumentar a largura peniana e a cirurgia do ligamento suspensor, para aumentar o comprimento (de 1 cm a 2 cm, de acordo com cada pessoa), nem sempre é efetiva e há grande risco de complicações graves.

A cirurgia de aumento peniano é indicada para pacientes que necessitam melhorar a capacidade funcional do membro, como é o caso do micropênis, entre outros problemas. Nos casos de homens com pênis de tamanho normal, com a finalidade cosmética, o procedimento é encarado como experimental e, portanto, deve ser indicado para casos selecionados, segundo normas estabelecidas pela resolução 1478/97 do Conselho Federal de Medicina.

Cara leitora, como pode ver essa questão não é simples. Além disso, seu parceiro está dentro de um universo masculino privilegiado: somente 3% dos homens tem pênis medindo entre 18 e 23 cm. Penso que um cirurgião sério não faria o procedimento, a não ser que existam outras implicações.

Vocês precisam conversar abertamente sobre tudo a respeito do assunto, do procedimento e do profissional a ser escolhido, caso optem pela cirurgia. É uma decisão que afetará a vida sexual do casal, positiva ou negativamente. Que tal usar este artigo para iniciar uma conversa?

Fonte: IG