Colecionador aluga "Playboy" rara de famosas por até R$ 150 em banca de São Paulo

Colecionador aluga "Playboy" rara de famosas por até R$ 150 em banca de São Paulo

Mais conhecido como "Guerrinha da Playboy", o colecionador possui mais de 6 mil exemplares

Quem nunca pensou em começar uma coleção particular? De selos a latinhas de cerveja, boa parte dos acervos rende a seus donos algumas despesas e várias horas de lazer. Não é o caso de Stênio Guerra. Ele guarda, desde os 17 anos, revistas "Playboy". E ganha dinheiro com isso.

Mais conhecido como "Guerrinha da Playboy", o colecionador possui mais de 6 mil exemplares.

Guerrinha aposta na variedade. Sua banca, localizada na zona sul de São Paulo, tem desde a primeira edição da revista até exemplares raros, como o da apresentadora Xuxa, capa em 1982. As revistas estão disponíveis para "apreciação" e, por uma semana de aluguel, paga-se até R$ 150.

Justiça

Desde o ano passado, Xuxa move um processo contra a Band, que veiculou no programa "Atualíssima" fotos dela nua em 3 de março de 2008, tiradas para uma revista masculina há mais de 20 anos.

Em junho, a Justiça do Rio de Janeiro condenou a emissora a pagar R$ 4,1 milhões para a apresentadora, mas a Band se manifestou alegando que o processo ainda estaria em primeira instância e que ainda havia recursos.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br