Conheça a história do vibrador

Conheça a história do vibrador

O apetrecho sexual surgiu no século 19

O vibrador foi criado para inibir o desejo sexual feminino, em um tempo que a libido feminina era considerada uma doença grave. Ele surgiu no século 19 para ajudar no tratamento da histeria feminina.

Os médicos recomendavam o tratamento para todas as mulheres que apresentavam sinais de irritabilidade, ansiedade, depressão e falta de apetite. O médico era responsável pela massagem no clitóris da paciente.

Em 1869, o médico americano George Taylor criou e patenteou o primeiro vibrador. O aparelho foi batizado de "The manipulator".

Com o passar do temo, os médicos concluíram que o aparelho levava as mulheres ao orgasmo mais rapidamente, permitindo que os médicos pudessem descansar as mãos.

Já em 1880, o médico inglês Joseph Mortimer Granville inventou o vibrador movido à manivela. A empresa americana Hamilton Beach lançou em 1902, o primeiro vibrador elétrico. Nesse período as mulheres começaram a comprar os vibradores para usarem em casa.

Em 1952, o vibrador deixou de ser visto como um objeto para o tratamento da histeria, quando a doença foi abolida pela Associação Americana de Psiquiatria.

Os filmes pornográficos fizeram que o vibrador passasse a ser visto como um acessório para promover e estimular o prazer feminino.

Fonte: Site de Curiosidades