Ele é rápido demais? Desvendamos sete maneiras de prolongar o sexo

Ele é rápido demais? Desvendamos sete maneiras de prolongar o sexo

Especialistas contam como você pode ajudar o parceiro com a ejaculação precoce

Você está com o parceiro e a noite esquenta, o sexo está incrível, mas eis que ele atinge o clímax quando você estava apenas começando a trilhar o caminho para o orgasmo. Acredite, esse não é um problema comum: estima-se que cerca de 40% dos homens sofram com a EJACULAÇÃO PRECOCE em algum grau. A boa notícia é que é possível ajudar o amado a segurar o tempo e ter uma relação para lá de prazerosa.

Antes de tudo é preciso entender o que de fato é a ejaculação precoce. Ao contrário do que muita gente imagina a condição NÃO É UMA DOENÇA. “Ela acontece quando o homem ejacula antes do tempo que desejaria, independente da sua vontade. Ele não consegue perceber os sinais premonitórios de que o ápice vai acontecer”, explica sexólogo.

FORA DO QUARTO



 

A primeira maneira de APOIAR o gato é mostrar que o entende e perceber que a “pressa” vai muito além da intimidade: “Quando um homem tem ejaculação precoce ele costuma ser precoce em tudo, ele é ANSIOSO em todos os círculos de sua vida, geralmente é a pessoa que come muito rápido, que é insegura. Busque mostrar a ele que essa é uma ansiedade sistêmica, o que ajuda a diminuir um pouco o peso do sexo. Isso é importante para que o ato não vire um motivo de receio, de medo de não agradar”.

É como um ciclo: ele ejacula antes de te dar prazer e isso o deixa receoso, esse receio vai para o quarto na próxima relação e por causa dele fica mais difícil se concentrar. Portanto, CUMPLICIDADE, compreensão e amor são palavras chave para lidar com o tema. 

NA CAMA - PRELIMINARES, A BASE DE TUDO

Investir em uma boa preliminar é a maneira mais primária de se evitar o sexo “rapidinho”, isso porque tira o foco do órgão sexual em si e reduz a ansiosidade. O prazer começa muito antes da penetração e, por isso, ela passa a não ser o momento principal. Aproveite massagens, beijos e mordidinhas provocantes. 

COMPRIMIR E RELAXAR

Outra coisa que vocês podem fazer é investir na compressão do pênis, que nada mais é do que você apertá-lo quando perceber que os movimentos estão rápidos demais e o orgasmo está próximo. “Isso faz com que o grau de tesão diminua e que ele possa recuperar a frente da situação. À medida que a rigidez do pênis diminui o homem sai daquele ritmo intenso e passa a perceber que pode controlar”, indica.

BRINCADEIRAS ERÓTICAS

Que tal levar acessórios ou fazer um jogo na cama? Além de relaxar, esses recursos são excitantes: “A mulher deve estimular as BRINCADEIRAS nesse momento, sugerir mais e até gozar dessa maneira. Dessa forma ela ajuda muito porque tira um pouco o foco da penetração”.

A “PARADINHA”



A paradinha é um dos métodos mais utilizados para acalmar os ânimos e acabar com a ejaculação precoce, e vale a pena testar. “Ela costuma dar muito certo para diminuir a sequência da excitação. Aquele movimento contínuo ficaria mais rápido para concluir a ejaculação, então diminuir um pouco corta isso”, revela a sexóloga SÔNIA EUSTÁQUIA.

FIQUE POR CIMA

Conversar sobre as posições que trazem mais ou menos excitação pode ser uma ideia bem esperta, isso porque vocês conseguem entender o que enlouquece o outro e a qual delas recorrer para retardar o orgasmo.  Ficar por cima também costuma ser eficiente, e ainda tem toda a diversão de se colocar no papel dominante. “Posições que privilegiam a mulher podem PROLONGAR A RELAÇÃO, porque o homem faz menos movimentos. O fato de ela comandar faz com que ele esteja envolvido e excitado, mas ele fica impedido de ir mais rápido e chegar à ejaculação”, diz a especialista.

VARIE OS MOVIMENTOS

Uma boa relação sexual vai muito além do movimento de “vai e vem”, e investir em outras sequências será benéfico. “Alterar os movimentos, partindo para os CIRCULARES, por exemplo, tira o homem daquele estimulo de fricção constante e acelerada. Toda mudança que o casal faça sem perder o clima vai ser ótimo”, garante.

PARA ELES

Algumas pessoas afirmam que a segunda relação é sempre mais demorada, então é possível investir nisso para que o tempo amplie: “SE MASTURBAR ANTES do momento sexual, poucas horas antes, pode ajudar. Seria uma espécie de segunda vez e essa é uma questão biológica”.

Um recurso igualmente eficaz é fazer uso da CAMISINHA que, de acordo com Mendes , diminui um pouco a sensibilidade e pode funcionar para retardar a ejaculação. 


 

Fonte: daquidali