Especialistas ensina como ficar mais lubrificada para hora do sexo

Alguns lubrificantes industrializados podem provocar alergias

A lubrificação natural da vagina no início e durante o sexo ocorre quando fluidos são liberados por diversas glândulas localizadas na genitália e paredes vaginais e também pelo colo do útero. Esta lubrificação, no entanto, pode sofrer variações de acordo com características hormonais de cada mulher, uso de medicamentos e estímulo sexual, o que poderia minimizar a umidade da região e, consequentemente, provocar dores e incômodos durante uma transa.

Image title


Para evitar desconforto caso a lubrificação natural não seja suficiente para garantir o prazer da mulher, ela pode apostar em lubrificantes industrializados, dando preferência aos produzidos à base de água, que não causam danos ao látex do preservativo.

Além de promover mais conforto, o lubrificante possui diversos benefícios que você pode não conhecer. Ele é capaz de evitar machucados na região íntima, evita doenças sexualmente transmissíveis e, em casos de produtos espermicidas, pode até prevenir uma gravidez indesejada.

Apesar de pouco comum, alguns lubrificantes industrializados podem provocar alergias em algumas mulheres. Caso ela sinta ardência, coceira ou qualquer outro incômodo, deve suspender o uso e procurar um ginecologista. Em alguns casos, apenas mudar a marca do produto já soluciona o problema.

No mercado ainda existem lubrificantes anestésicos, porém, eles não são recomendados por médicos e especialistas. Normalmente usados para evitar dores na prática do sexo anal, ele pode causar amortecimento da região e fazer com que, no momento do sexo, a mulher não sinta possíveis lesões que estão sendo deixadas pelo atrito do pênis.

Apostar em lubrificantes caseiros ou cremes tampouco é recomendado. Além de causar alergias, eles podem danificar o preservativo. O indicado é sempre usar produtos específicos para as relações sexuais.

Além do uso de lubrificantes, as mulheres ainda podem adotar hábitos no dia a dia que ajudam a aumentar a lubrificação natural da vagina, garantindo maior prazer no sexo. Conheça dicas de como melhorar as relações sexuais elevando o grau de lubrificação:

1) Investir mais tempo nas preliminares. Troca de beijos e carícias ajudam a mulher entrar no clima e garantir maior excitação, evitando dores durante a penetração.

2)Inclua mais soja e derivados no seu cardápio. O alimento ajuda na produção do estrogênio, hormônio responsável pela libido feminina.

3)Álcool e cafeína provocam desidratação do organismo. Evitar bebidas do gênero faz com que os fluidos corporais se apresentem de forma mais volumosa.

4)Sabonetes íntimos não indicados por médicos também podem alterar o pH da vagina, podendo causar secura.

5)Tente controlar o estresse e a ansiedade. Os sentimentos possuem grande impacto nas flutuações hormonais e, consequentemente, atrapalhar a lubrificação natural da mulher na região íntima.


Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Brasil Post