Especialistas realizam pesquisa e afirmam que sexo aumenta a inteligência

Especialistas realizam pesquisa e afirmam que sexo aumenta a inteligência

Estudos mostraram que ato sexual é capaz de criar neurônios

Sexo é uma fonte de prazer, faz bem ao corpo, à saúde e à qualidade de vida e pode até ajudar a perder peso. Além de todos esses benefícios, fazer sexo pode também aumentar a inteligência e a memória. É o que diz uma pesquisa realizada por neurocientistas da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos.

De acordo com os estudos, que foram feitos em ratos, o ato sexual é capaz de criar neurônios e gerar massa cerebral. Isso acontece principalmente no hipocampo, que é a área responsável pela memória a longo prazo. "Mesmo se não tivesse ocorrido a produção de novos neurônios, as habilidades cognitivas adquiridas durante o experimento diminuíam uma vez que submetidos a longos períodos sem atividade sexual", explicaram os pesquisadores em entrevista ao Dayli Mail, da Inglaterra.

Eles disseram ainda que fatores como estresse fazem com que haja um encolhimento do hipocampo e o sexo pode agir de forma a contrariar esse efeito. Além disso, a atividade sexual aumenta a concentração de oxigênio no cérebro. “Os níveis do hormônio ocitocina aumentam cerca de 500% durante o sexo, fazendo com que nos sintamos relaxados e melhorando o sono", disse também ao Daily Mail a especialista em relacionamento Tracey Cox.

Uma outra pesquisa, realizada pela Konkuk University, na Coreia do Sul, apresentou uma resultado parecido. Nesse caso, a análise foi feita com alguns casais de pessoas mais velhas. A conclusão foi que os que tinham uma vida sexual ativa tinham também uma capacidade cognitiva maior e, portanto, menos chance de desenvolver demência.

Clique aqui e curta a página do Portal Meio Norte no facebook

 

Fonte: Bolsa de Mulher