Estudo inovador revela que casal que dorme em camas separadas pode ser mais feliz

Estudo inovador revela que casal que dorme em camas separadas pode ser mais feliz

Baseada em estudo, consultora do sono garante que marido e esposa que dormem bem – mesmo que sozinhos – convivem em harmonia

Um casal que mora junto, dorme junto. Essa, em tese, é a ordem natural das coisas em um relacionamento. Mas, de acordo com a consultora do sono Renata Federighi, essa, nem sempre, é a fórmula da felicidade. Ela afirma isso baseada em um estudo da Universidade da Califórnia, que avaliou vários casais e chegou à conclusão que quem dorme mal tende a ter mais brigas e ser mais egoísta. Por isso, quem sofre com problemas de convivência à noite, no quarto, pode manter uma relação mais harmoniosa se decidir dormir em camas separadas.

Sono X Relacionamento

A forma como cada pessoa dorme pode afetar a vida de um casal. “Algumas das queixas mais comuns entre os casais estão associadas aos distúrbios do sono, como a insônia, o ronco e apneia. Além disso, ainda existem dificuldades como a diferença no horário de se deitar e acordar; se o outro tem o hábito de usar o computador, ler ou assistir televisão, enquanto o companheiro tenta dormir; se um só dorme em ambientes escuros e o outro só consegue com um abajur; a briga pelo lençol; a constante movimentação à noite; entre tantos outros fatores que complicam a afinidade de uma vida a dois na cama”, explica a profissional da Duoflex.

A pesquisa comentada por Renata, divulgada em um encontro de psicólogos em Nova Orleans, nos Estados Unidos, ouviu 60 casais formados por pessoas entre 18 e 56 anos, que demonstraram como a insatisfação na hora de dormir pode gerar conflitos. Isso acontece porque dormir pouco torna as pessoas mais egoístas graças à falta de humor e ao cansaço. Assim, no dia seguinte, elas se mostram pouco preocupadas com o parceiro, que passa a se incomodar com a situação.

Dormir junto ou separado?

Para Renata Federighi, caso o casal não consiga se entender dividindo a cama, dormir em camas separadas pode ser a solução para o relacionamento. “Já foi comprovado que aqueles que possuíam dificuldade em dormir com outro, tiveram um sono 50% melhor quando separaram as camas”, garante.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Bolsa de Mulher