Ex-BBB André Cowboy assina contrato para fazer pornô

Nesta sexta-feira, 2, o paulista assinou um contrato com a Brasileirinhas

André Cowboy vai ser o primeiro ex-BBB a fazer um filme pornô. Nesta sexta-feira, 2, o paulista assinou um contrato com a Brasileirinhas e, procurado pelo EGO para comentar a nova empreitada, disse que ficou muito satisfeito com o cachê oferecido e está encarando o desafio como uma novidade.

"Assinei o contrato. O pessoal foi muito bacana e eles atenderam todas as minhas exigências. Fechamos em um valor muito bom. Não vou falar quanto, mas dá para ajudar a pagar as contas", riu Cowboy satisfeito. "Apesar disso, não aceitei só pela parte financeira. Vai ser um trabalho novo e eu estou tendo o apoio da minha família. Sejamos sinceros, para homem isso não tem problema, para mulher é mais delicado."

Perguntado se já pensa em continuar na carreira e fazer novas produções, o ex-BBB deu a entender que não descarta a possibilidade e garante que vai dar o melhor de si neste trabalho.

"Vou deixar sair o primeiro, ver como é e, se for legal, vamos lá. O que sei é que vou dar o melhor de mim e vou fazer o que tiver que fazer com as meninas. Assisto pornôs e gosto. Quero que as pessoas vejam o filme e pensem: "Pô, ele mandou bem". Não tenho vergonha de mostrar o que tenho. Deus me privilegiou", gaba-se André.

O apoio da família é tão grande, que a mulher do paulista, Luciana, é quem está cuidando da seleção das atrizes que vão atuar com o marido. Segundo ele, a ex-modelo está escolhendo só "tops".

"Me deram um catálogo para escolher as meninas, mas a minha mulher acabou pegando para ver e já começou a dar palpite sobre o que eu gostava e o que não gostava. Ela me conhece e só escolheu top de linha. Que coisa louca né?", brincou o ex-BBB, que acredita que a mulher está tranquila porque sabe que ele vai fazer um bom trabalho. "Achei que ela não ia gostar, mas ela deve confiar no que tem em casa. Não tem vergonha de mostrar. O amor acaba prevalecendo", explicou

Sobre o julgamento das pessoas, ele conta que realmente tem ouvido críticas por causa de sua decisão, mas não está se importando. "As pessoas têm julgado, mas tenho os pés no chão e estou aí para o que der e vier. Quem sabe da minha vida sou eu e a única coisa que me importa é a minha família, que deu apoio total", revelou.

Alguma possibilidade de vir a atuar com a mulher em uma produção deste tipo? "Com ela eu nunca faria. Não sou machista, mas a nossa sociedade ainda é muito. Não ia querer expô-la. Nós temos filhos e não é do feitio dela. Se pintar um nu artístico, apoio numa boa", disse.

Fonte: Ego, www.ego.com.br