Produtoras pornôs disputam ex-BBBs

Uma guerra silenciosa está acontecendo no mundo do pornô.

Uma guerra silenciosa está acontecendo no mundo do pornô. De um lado, a "Sexxxy World" tenta derrubar uma liminar na justiça para exibir o filme pornô que fez com Léa Ferreira, do BBB6, e do outro, a "Brasileirinhas" tenta assinar com André Cowboy, do Big Brother Brasil 9.



?Desde que o reality show começou, buscamos um ex-participante para estrelar nossas produções. A Léa filmou, mas depois desistiu. Estamos agora tentando liberar o filme na justiça?, disse o assessor de imprensa da Sexxxy que não leva muita fé no sucesso da concorrente.

?O André nos procurou, mas não tivemos interesse. Homem não segura uma venda e não tem tantos atrativos quanto as mulheres. Mulher você pode colocar com outra mulher, com outros homens, faz mais coisas. Homem, não?, explica Cacau Oliver que conta ainda que, inicialmente, o filme de Léa seria feito com outro participante da casa mais vigiada do país, Aírton, do BBB7.

Já a Brasileirinhas, que define essa semana se contrata ou não André Cowboy, nega qualquer disputa.

Priscila Pires: peixão

?Não existe isso. Somos a primeira no mercado. Normalmente fazemos e as outras vêm atrás?, provoca o assessor Kim Melo que, no entanto, confirma que o sonho de consumo de sua produtora também são as sisters do Big Brother.

?A Priscila é um peixão. Mas ela já declarou que prefere fazer sexo entre quatro paredes. É uma pena. Mas, se ela mudar de ideia, nossas portas estão abertas?, diz convidativo.

Fonte: Ego, www.ego.com.br