Loira expulsa de avenida por tirar a roupa: 'Ninguém vai me calar'

A socialite quer defender mulhares vítimas de violência.

A modelo Ju Isen, que tirou a roupa e acabou sendo expulsa do sambódromo em São Paulo, durante desfile das escolas de samba, aceitou posar nua para a "Sexy". A socialite, que foi destaque da Unidos do Perucheganhou fama após ser chamada de  Musa das Manifestações: "De forma alguma. Tanto que vai ter Manifestação em março e minha presença é mais que confirmada. Ninguém vai me calar".

Alguns minutos antes de entrar na avenida, ela colocou um tapa-sexo com uma foto da presidente Dilma Rousseff. Representantes da escola  ordenaram que ela vestisse outra  roupa. Não satisfeita, tirou a parte de cima e foi rapidamente expulsa da avenida pelo presidente da Liga das Escolas de Samba, Paulo Sergio Ferreira, o Serginho.

Isen conta que está se recuperando após ter sido agredida por integrantes da escola e aceitou posar com vários hematomas pelo corpo. "Está dolorido. Não estou conseguindo dormir de lado. Tem bastantes sequelas. Ainda estou um pouco adoentada e atordoada. Muitas coisas acontecendo. Acho que minha vida vai voltar ao normal a partir da próxima semana. Está tudo muito recente. Ainda estou tomando calmantes porque não consigo dormir direito. Estou bem abalada. Foi muito pesado", disse. 

Revoltada, ela diz que pretende lutar para defender os direitos das mulheres vítimas de violência. "Com certeza essa será minha bandeira a partir de agora! Falei com meus advogados e o que aconteceu não se encaixa na Lei Maria da Penha, porque não tem envolvimento emocional.  Tem um outro nome. Mas é uma agressão ainda. Vou abraçar essa causa. Sem sombra de dúvidas", declarou, indignada.

Modelo Ju Isen
Modelo Ju Isen
Ju Isen
Ju Isen






Fonte: Com informações do EGO