Pesquisa revela o que as mulheres procuram em sites pornográficos

24% das pessoas que assistem pornô, são mulheres.

Atualmente parar na frente de um computador e assistir conteúdos pornográficos não é mais tabu nem para os homens, nem para as mulheres, embora ainda seja um fato que a maioria das pessoas queira esconder. De acordo com uma pesquisa realizada por um jornal britânico, 24% das pessoas que assistem pornografia no mundo inteiro são mulheres. Mas o que será que elas procuram nesses sites?

Com 60 milhões de visitantes diários, o Pornhub - que é um especialista no assunto - resolveu compartilhar informações esclarecedoras a respeito de como as mulheres de todo o mundo assistem pornografia, e os resultados são fascinantes.

De acordo com o site, a categoria pornográfica mais vista por mulheres na Austrália, Europa, América e Oriente Médio é a lésbica. A categoria anal é a mais assistida na Rússia; a negra, em grande parte da África; a “pênis grande”, no Cazaquistão, e a “hentai” (pornografia feita em ilustrações mangá), na maior parte dos países asiáticos.

Entre as categorias relacionadas mais assistidas pelas mulheres, em relação a outros países, também outras revelações foram bem curiosas. No Canadá, 35% mais, na Holanda, 45% e no Reino Unido, 33%, buscam por vídeos de bondage. No Brasil, 83% e, na Argentina, 233% mais mulheres assistem à categoria shemale.

Pesquisa revela o que as mulheres procuram (Crédito: Reprodução)
Pesquisa revela o que as mulheres procuram (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Bolsa de Mulher