Sexo oral e anal: Dicas de professora em artes sensuais e sexóloga

A vida sexual pode e deve ser melhorada

A vida sexual pode e deve ser melhorada. Para sair da mesmice, aposte em experiências sexuais. As dicas são da sensual coach Fátima B. Moura, da sexóloga Elaine Pessini, diretora de uma marca de Cosméticos, e da professora de artes sensuais Celine Kirei, autora dos livros "Pompoarismo – O Caminho do Prazer", "Strip Tease: Como Conquistar Um Homem" e "Fantasias Sensuais – 50 Tons de Sedução". Veja dicas em sexo anal e oral:

SEXO ANAL

Sexo anal é uma experiência que deixa algumas pessoas com certo receio, mas muitas adoram. É claro que os dois devem estar de acordo com a proposta. “Procure utilizar produtos sensuais que facilitem a penetração, peça a seu parceiro para estimular seu clitóris antes da penetração e, assim que perceber que está bem excitada, peça que ele inicie bem devagar com movimentos de introduzir e retirar lentamente o pênis até que você esteja confiante para seguir em frente”, ensinou a sexóloga Elaine.

SEXO ORAL

Receber sexo oral é bom. E fazer também é! Para surpreender o parceiro, que tal treinar antes? “Faça exercícios faciais especialmente com a sua língua para ela ficar mais forte e flexível. Exercícios de ginástica facial podem auxiliar para que você consiga abrir bem a boca para dar mais prazer ao parceiro com movimentos voluptuosos e também para não machucar o homem com os dentes”, comentou Celine.

Treine movimentos de sugar e lamber em frutas, por exemplo. Quem for fazer sexo oral em uma mulher pode realizar os exercícios em uma maçã, laranja, manga. Para quem for praticar o ato em um homem, a dica é a banana.

Image title

Fonte: Terra.com