Aguinaldo Silva diz que os gays no Brasil se fazem de coitadinhos

Apesar do sucesso, Crô, personagem de Marcelo Serrado em Fina Estampa, da Globo, não é unanimidade entre o público


Aguinaldo Silva diz que os gays no Brasil se fazem de

Apesar do sucesso, Crô, personagem de Marcelo Serrado em Fina Estampa, da Globo, não é unanimidade entre o público. As críticas também estão surgindo e vindas dos homossexuais, que dizem que "o personagem presta um desserviço à causa, por ser pintoso". Estarrecido com isso, Aguinaldo Silva, autor do folhetim, fez um desabafo em seu perfil no Twitter.

"Não sei o que é pior nessa história toda em torno do preconceito: se a homofobia ou o vitimismo gay. Mas o fato é que os gays no Brasil entraram numa onda de "por favor, nos amem, somos coitadinhos!" Isso é detestável: fala sério!", escreveu o autor.

Aguinaldo continuou externando sua indignação e defendeu a livre escolha.

"Por isso deixei de ser ativista: porque, quando olho para uma pessoa, gay ou o diabo a quatro, o que eu vejo é apenas isso: uma pessoa. Cada pessoa é uma pessoa. Não existe isso de igualar pessoas por raça, sexo, religião ou preferência. Eu sou eu, você é você, somos únicos", escreveu.

O Fuxico: O site que é referência sobre famosos. Notícias apuradas, sempre em primeira mão.

Fonte: OFuxico