Ainda não há previsão de alta para ex-árbitro Godói

Na segunda-feira (21), a Polícia Civil divulgou um novo retrato falado do suspeito de atirar

Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital das Clínicas nesta terça-feira (22), apesar do quadro estável, ainda não há previsão de alta para o ex-árbitro e comentarista esportivo Oscar Roberto Godói.

Godói deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital das Clínicas, na zona oeste de São Paulo, nesta segunda-feira (21) e, desde então, continua internado em estado grave, porém estável, em um quarto. Ele respira sem ajuda de aparelhos.

Na segunda-feira (21), a Polícia Civil divulgou um novo retrato falado do suspeito de atirar no ex-árbitro, baseado nas informações da vítima. A informação é da SSP (Secretaria de Segurança Pública).

De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, a nova ilustração foi feita por um policial desenhista, que foi até o hospital. Pelo retrato falado, o homem é pardo, tem 28 anos, mede 1,78 m e tem cabelos e olhos castanhos-escuros.

Na sexta-feira (18), foi feito o primeiro retrato falado do suspeito, baseado em depoimento de testemunhas. O crime ocorreu na quarta-feira (16), por volta das 22h, na rua Diana, em Perdizes, na zona oeste de São Paulo.

Agora, a polícia conta com a ajuda da população para tentar identificar o homem. A Polícia Civil já instaurou inquérito para apurar o assalto.

O ataque

Eram quase 22h de quarta-feira (16) quando Godói estacionou o carro, saiu dele e caminhou em direção a um prédio, onde iria jantar com amigos. Mas, antes de chegar à entrada do edifício, ele foi abordado pelo criminoso na calçada.

As imagens de uma câmera de segurança de um condomínio em Perdizes mostram um homem que seria o suspeito dos disparos contra o ex-árbitro. Elas foram gravadas segundos antes do crime.

A polícia ainda não sabe se o rapaz que apareceu nas imagens agiu sozinho. Imagens de outra câmera de segurança mostram o criminoso fugindo.

Fonte: R7, www.r7.com