Aluno vai à escola armado e revólver dispara na sala

Segundo PM, jovem pegou a arma escondido do pai. Tiro atingiu parede da sala de aula, mas ninguém se feriu.

Três adolescentes de 14 e 15 anos foram apreendidos nesta quinta-feira (17), após o revólver que um deles levou para dentro da escola disparar. O caso aconteceu na Escola Estadual Maria Amélia Guimarães, na Região Nordeste de Belo Horizonte. De acordo com o tenente Francisco Barreto, do 16º Batalhão de Polícia Militar, o jovem entrou com o revólver calibre 38. Dentro da sala de aula, ele e mais dois menores ? de 14 e 15 anos ? manejavam a arma quando houve um disparo acidental que atingiu na parede. Ninguém se feriu.

No momento do incidente, havia um professor em sala. Segundo o tenente Barreto, acuados, os garotos jogaram o revólver pela janela em uma área com mato dentro da escola. A PM foi chamada e apreendeu a arma. Os envolvidos que foram encaminhados ao Centro Integrado ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA), no bairro Barro Preto, Região Centro-Sul de BH. De acordo com a PM, o garoto disse que pegou a arma escondido do pai.

Ainda segundo a polícia, o adolescente teve um desentendimento com outro aluno da escola, de 16 anos, nesta quinta-feira (17), quando foi beber água. A PM disse que eles discutiram no bebedouro e ambos se jogaram água. Em tom de ameaça, o garoto armado teria intimado o outro mostrando o revólver que ele carregava na cintura. O jovem intimidado também foi levado ao CIA para prestar esclarecimentos sobre o assunto. Os pais dos jovens também foram convocados.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Educação informou que nas escolas não existe o procedimento de revistar os alunos.

Fonte: g1, www.g1.com.br