Ameaçada, produção do programa de Rafinha Bastos tem gritaria e medo

Com baixa audiência desde a sua estreia, em maio, especula-se que o programa deixe de ser exibido aos domingos.

É tenso o clima nos bastidores do programa Saturday Night Live, na Rede TV!. A direção e os produtores vivem em pé de guerra, e a gritaria é constante, o que não combina com um programa de humor.



Nos corredores da emissora, funcionários de outros programas percebem o nervosismo dos colegas do show de Rafinha Bastos, principalmente da diretora. O medo de a atração ser extinta é nítido.

Com baixa audiência desde a sua estreia, em maio, especula-se que o programa deixe de ser exibido aos domingos, passando para os sábados.

O problema é que não há espaço na grade de sábado antes da 0h30, quando já vai ao ar a reprise do programa. Aos sábados, a Rede TV! exibe programa religioso até as 22h30. Depois, apresenta o Mega Senha, que, além de ser a maior audiência da emissora, é apresentado por um dos donos, Marcelo de Carvalho.

Nos bastidores da Rede TV!, especula-se também que o programa do "genial" Rafinha Bastos só não saiu do ar ainda porque tem anunciantes.

A versão brasileira do Saturday Night Live, que entrou no ar com a missão de substituir o Pânico na TV (que dava médias de 7 pontos) registra menos audiência aos domingos (1,1 ponto de média desde a estreia, em 27 de maio) do que na reprise, aos sábados (1,3).

Como há menos televisores ligados na madrugada do sábado para domingo, a audiência da reprise é proporcionalmente bem maior do que da edição inédita: 4,2% de participação no total de televisores ligados, contra 1,8% nas competitivas noites dominicais.

A Rede TV! nega, oficialmente, que o programa de Rafinha Bastos vá deixar a programação dominical.

Fonte: R7, www.r7.com