Americana Rihanna está no meio de um processo de US$4,7 milhões movido por brasileiros

Americana Rihanna está no meio de um processo de US$4,7 milhões movido por brasileiros

Segundo site, empresa brasileira assinou contrato com falsos agentes da cantora para shows no Brasil e levou prejuízo de cerca de R$1,5 milhão.

A americana Rihanna, sem querer, está no meio de um processo envolvendo produtores brasileiros que alegam ter sido ludibriados por falsos representantes da cantora, segundo reportagem do site TMZ.

De acordo com a nota publicada no site neste sábado, 18, advogados da empresa Unique Sports e Marketing entraram com o processo na corte de Nova York, pois teriam assinado um acordo de US$1,7 milhão (cerca de R$3 milhões) para garantir a realização de três shows da cantora no Brasil em novembro de 2010, que chegaram a ser noticiados por alguns veículos de comunicação.

O problema é que a empresa com a qual o contrato foi assinado, a Vegas Style Entertainment, nunca representou Rihanna. A Unique, segundo o TMZ, alega que a Vegas Style montou um esquema fraudulento que, quando foi descoberto, já teria rendido aos supostos golpistas mais de 825 mil dólares (cerca de R$1,5 milhão), por isso exige da Vegas a indenização de quase R$8,5 milhões.

Fonte: Ego, www.ego.com.br