Ana Maria Braga afirma que faltava estrutura para cozinhar na Record

A loira passava sete horas ao vivo dando receitas de diversos pratos para os telespectadores.

Durante seis anos, Ana Maria Braga comandou o extinto "Note e Anote", programa de culinária da Record. A loira passava sete horas ao vivo dando receitas de diversos pratos para os telespectadores.


Ana Maria Braga afirma que faltava estrutura para cozinhar na Record

Por falta de estrutura, muita coisa desandava. "Isso até acontecia por que eu não tinha a estrutura que a gente montou aqui [na Globo]. Lá eu fazia quatro pratos por dia, eu fazia um e os convidados, o resto. Não tinha uma cozinha experimental", contou ao jornal "Folha de S. Paulo".

Foi por conta desses erros nas receitas que Ana Maria criou uma de suas marcas registradas: a ideia de chamar os cachorros e passar debaixo da mesa.

"Tinha coisa que não ficava na textura pretendida e eu não chamava os cachorros. Essa era a brincadeira, se não ficasse bom eu não chamava", explicou.

Na Globo, a apresentadora conta com uma equipe de dez pessoa na cozinha experimental do "Mais Você" que testam todas as receitas antes de elas irem ao ar.

Para cada oito pratos aprovados para o matinal, a loira prova cerca de 30 receitas diferentes. "Eu faço degustação duas vezes por semana. Não faço receita com caviar e uso pouco camarão e bacalhau".

Fonte: msn