Antes de deixar emissora, Record já estava preocupada com Datena

Até a tarde de segunda-feira (01), Datena ainda não havia notificado a Record oficialmente de sua saída.

Apesar do cabo de guerra entre Record e Band pelo âncora José Luiz Datena, a Record já andava preocupada com a audiência do "Cidade Alerta", comandado por ele. A atração, que estreou no dia 20 de junho com 11 pontos de audiência e 20,7% de share (participação no total de televisores ligados), marcou 7,1 pontos e 13,5% de share no dia 25 de julho.



José Luiz Datena, que aceitou em junho ir para a Record em troca do amortecimento de sua dívida de R$ 18 milhões com a emissora, pode mais do que dobrar o montante devido à emissora de Edir Macedo.

Datena, que na sexta-feira (29) chegou a se despedir no ar do "Cidade Alerta" (Record), resolveu voltar para a Band, de onde saiu há menos dois meses. O âncora, que assinou na semana passada um documento de confissão de dívida na Record, pode ter de pagar R$ 50 milhões à emissora na Justiça. A emissora pretende somar a dívida antiga do apresentador, os R$ 18 milhões aos R$ 25 milhões da quebra do contrato atual, se ela se concretizar. Tudo isso somado a outros encargos e indenizações que a emissora pretende exigir na Justiça.

Até a tarde de segunda-feira (01), Datena ainda não havia notificado a Record oficialmente de sua saída. No entanto, sua volta na Band já era dada como certa.

Fontes na Record dizem que Datena saiu porque não aguentou a pressão por audiência e queria aumento de salário. Na Band, o âncora terá um salário mensal de R$ 1,5 milhão.

Fonte: Folha.com