Antônio Fagundes afirma que não pretende seguir a Lei Antifumo em São Paulo

Antonio Fagundes, que viverá um fumante na peça de teatro “Restos”,

Antonio Fagundes, que viverá um fumante na peça de teatro “Restos”, não pretende seguir a Lei Antifumo no espetáculo. “Vou peitar isso e fumar. Temos um problema de censura. É um precedente grave se a gente não fala nada”, disse o ator ao jornal “Folha de S. Paulo”.

Fagundes só poderia fumar em cena no estado de São Paulo com a liberação de uma liminar. Para o ator, os fumantes concordaram muito rápido com as proibições impostas pelo governo. “Fiquei surpreso que os fumantes tenham ficado quietos.

O brasileiro está muito quieto para tudo. Espero que os fumantes não votem nas pessoas que aprovaram esta lei.” Fagundes também disse ao periódico que “começa assim; amanhã, vão dizer que não pode beijar na boca porque passa gripe suína; depois, não pode mostrar assassinato (em cena), porque é contra a lei. As pessoas não perceberam, a liberdade não se perde de uma vez.” “Restos”, monólogo de Neil LaBute, estreia em São Paulo no próximo dia 20.

Fonte: Quem, revistaquem.globo.com