Ao descobrir traição de Estela, Saulo vai ficar mais violento

Violento, o personagem já bateu duas vezes no mordomo Arthurzinho (Júlio Almeida), expulsou o filho Danilo (Cauã Reymond) de casa a pontapés

Explosivo, Saulo (Werner Schünemann) não tem limites em "Passione"". A vítima do empresário será, agora, sua mulher, Stela (Maitê Proença). Os problemas do casal começam quando Lorena (Tammy Di Calafiori) descobre que a mãe continua envolvida com o seu grande amor, Agnello (Daniel de Oliveira). Sentindo-se traída, a patricinha conta tudo ao pai. No capítulo que está previsto para amanhã, Saulo marcará um encontro entre Stela e Agnello, flagrará os dois juntos e dará uma surra na mulher.

Violento, o personagem já bateu duas vezes no mordomo Arthurzinho (Júlio Almeida), expulsou o filho Danilo (Cauã Reymond) de casa a pontapés e deu um tapa na cara de Lorena (Tammy Di Calafiori), além de gritar e esbravejar o tempo todo com a mãe, Bete (Fernanda Montenegro). "Acho que o Saulo tem um desequilíbrio grande que ele mesmo não entende"", explica Werner Schünemann. "Esses picos de humor são feitos como degraus. Toda vez que alguém o incomoda, ele explode.""

Tantas cenas de agressividade e violência têm afetado o ator. "Eu reparo que acaba passando para mim toda a tensão dele.""

A atriz Maitê Proença publicou recentemente em seu blog que as cenas de violência a têm deixado cansada. "Estou às voltas com cenas violentíssimas de Stela! Todos os atores envolvidos estão à beira da exaustão física e emocional. Ficamos doentes e frágeis por conta do que o público verá em breve.""

Mas Werner sai em defesa do personagem: "Ele realmente é rude e grosseiro, mas nunca houve uma cena de Saulo chegando em casa e alguém vindo lhe dar um abraço"".

O ator diz que Saulo nunca recebeu carinho dos pais, Bete e Eugênio (Mauro Mendonça), e que isso o tornou uma pessoa dura. "Já cheguei a pensar que ele não era filho da Bete. A mãe perdoa os erros de todos e, para o Saulo, não tem uma palavra de compreensão.""

Com a traição, Saulo vai explodir e perguntar a Stela quantas vezes ela o traiu. Ela responderá que foram muitas. Depois de levar outra bofetada, Stela apontará uma arma para o marido e o expulsará do quarto. "Não será uma decepção amorosa. Acho que ele se casou com Stela simplesmente para cumprir o que seus pais queriam"", diz Werner.

Fonte: Folhapress