Após 10 dias internado, trapalhão Dedé volta ao trabalho na Globo

Após 10 dias internado, trapalhão Dedé volta ao trabalho na Globo

O humorista recebeu a imprensa para uma entrevista

Depois de passar dez dias internado no Hospital Barra D"Or por conta de uma diverticulite no intestino grosso, Dedé Santana voltou aos estúdios do Projac para gravar "As Aventuras do Didi" na última quarta-feira (15). Na manhã de quinta-feira (16), antes de entrar para mais um dia de gravação, o humorista recebeu a equipe de reportagem para uma entrevista. Dedé chega apenas 15 minutos após o horário marcado, mas já pede desculpa pelo atraso. "No meio do caminho, encontrei com o [diretor] Guto Franco e tive que parar para falar com ele. Nos conhecemos há muitos anos e tenho um carinho enorme por ele. Guto é filho do Moacyr Franco", explica. A entrevista começa e Dedé relembra a época em que ficou doente e chegou a ser internado no CTI. "O pior momento foi quando recebi a notícia que estava com diverticulite. Lembrei logo do [político] Tancredo Neves, que morreu assim. Pensei que não iria mais ver meus filhos", lembra ele, que é pai de oito.

Dedé começou a passar mal no dia 27 de maio, durante uma gravação do humorístico. "Tinha uma cena em que eu caía e o Didi [Renato Aragão] me levantava. A crise começou na queda. Renato percebeu que eu não estava bem e me levantou com cuidado. Eu estava tonto e saí do Projac direto para o hospital", diz. Apesar de ter sido muito bem tratado na unidade, o humorista afirma que não guarda boas recordações do local. "Lembrança de hospital nunca é boa. Me colocaram com uma equipe médica de primeira, mas eu não quero voltar pra lá não. Era cano enfiado em tudo quanto é lugar. Até em buraco que nunca conheci nesses meus 75 anos de existência", rememora,aos risos. Passado o susto, Dedé mostra que a internação não o fez perder o bom humor.

Fonte: UOL