Após invasão do "Pânico na TV", Globo estuda entrar com medidas judiciais

O humorista Daniel Zukerman, conhecido como Agente DeLari, que atua no "O Impostor", conseguiu se infiltrar na torcida da eliminada Tessália

Após a invasão de um humorista do programa "Pânico na TV" na edição do último dia (9) do reality "Big Brother Brasil 10", a Rede Globo estuda medidas judiciais contra a Rede TV!. As imagens foram levadas ao ar pelo "Pânico na TV!", na noite do último domingo (21).

Na ocasião, o humorista Daniel Zukerman, conhecido como Agente DeLari, que atua no quadro "O Impostor", conseguiu se infiltrar na torcida da eliminada Tessália; obteve imagens clandestinas com uma câmera amadora; e antecipou-se ao apresentador da atração, Pedro Bial, cumprimentando a ex-BBB, segundo informou o Extra Online.

Ao Portal IMPRENSA, a assessoria da casa informou que considera a possibilidade de contestar a ação do humorista judicialmente e que a segurança foi reforçada para evitar novas investidas.

A ex-BBB Tessália comentou em seu Twitter que também pretende acionar a RedeTV! pela intervenção de De Lari. "Quero enfatizar que não estou satisfeita com as atitudes referente a gravação do @programapanico e que medidas serão tomadas. #FimdePapo", escreveu.

Procurada pela reportagem, a RedeTV! declarou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não irá se pronunciar sobre o caso.

Fonte: Portal Imprensa