Após novelas da Globo, Leila Lopes virou atriz pornô

Há dois meses, Leila foi operada para a retirada do útero por causa de uma endometriose

A atriz Leila Lopes, que morreu na madrugada desta quinta-feira, começou sua carreira na extinta TV Manchete, nos anos 90. Na emissora, ela atuou em "Pantanal" (1990), como Lúcia, e na adaptação feita por Walcyr Carrasco de "O Guarani", no ano seguinte.

Leila, que havia completado 40 anos no último dia 19, nasceu em São Leopoldo, cidade da Região Metropolitana de Porto Alegre (RS). Segundo o Corpo de Bombeiros, ela morreu de parada cardiorrespiratória.

Em 1992, Leila entrou para o elenco de "Despedida de Solteiro", a primeira das cinco novelas em que atuou na Globo. O seu papel de maior expressão na Globo foi o da professorinha Lu, em "Renascer", de Benedito Ruy Barbosa, em 1993. Ela fez ainda "Tropicaliente" (1994), "O Rei do Gado" (1996) e "Malhação" (1995).

Após a sequência de novelas, a atriz fez apenas pontas no extinto "Você Decide", também na Globo, e sua carreira caiu no ostracismo.

Leila voltou à mídia com o lançamento, em maio do ano passado, do filme pornô "Pecados e Tentações".

Em agosto passado, Leila foi internada com dores no abdômen. Após a realização de vários exames, como ressonância magnética, ultrassom, colonoscopia e endoscopia, nada foi detectado.

Há dois meses, Leila foi operada para a retirada do útero por causa de uma endometriose.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br